Derrota mostra que time do Botafogo ainda está longe de sintonia total com Luís Castro
Sergio Santana
Derrota mostra que time do Botafogo ainda está longe de sintonia total com Luís Castro


O Botafogo estagnou. São quatro derrotas seguidas, praticamente um mês sem vencer e um cenário instável dentro e fora de campo. A derrota sofrida para o Avaí mostrou que os jogadores e Luís Castro ainda estão longe de uma total sintonia no que diz respeito à ideia de jogo e entendimento dentro de campo.

+ Luís Castro traça objetivo do Botafogo no Brasileirão: 'Lutamos para ficar na Série A'

O estilo de jogo que o português tenta (ou pelo menos pretende) implementar no Alvinegro ainda não foi "comprado" por todos os jogadores. Isso não diz respeito à "corpo mole" ou algo que venha de extra-campo.

A questão vem das características dentro das quatro linhas. Boa parte do elenco não tem sinergia com aquilo que Luís Castro pretende implementar até aqui. O resultado é um Botafogo pouco coeso, com dificuldade para se impor no ataque e na defesa e na zona de rebaixamento do Brasileirão.

+ VEJA A TABELA DO BRASILEIRÃO

Luís Castro, por sua vez, parece não abandonar as próprias convicções. Diante do cenário já conhecido de que o elenco não oferece o contexto mais favorável diante do que ele imagina como ideal, o português ainda tenta fazer a equipe jogar da maneira que ele considera como total. Pressão alta, criação com toques curtos e intensidade. Não dá certo. Não deu certo contra o Avaí, por exemplo.

O enxuto elenco também dá poucas opções para o português continuar realizando esse tipo de ação. A promessa é de uma agitada janela de transferências, mas até lá o contexto não é de perfeição para nenhum dos lados. Uma parte da corda precisa ceder, o que ainda não aconteceu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários