Assessoria do Mineirão se pronuncia após caso de importunação sexual durante partida do Atlético-MG
Lance!
Assessoria do Mineirão se pronuncia após caso de importunação sexual durante partida do Atlético-MG


A assessoria de comunicação do Mineirão se pronunciou sobre um novo caso de importunação sexual denunciado por uma mulher durante a partida entre Atlético-MG e Santos, no último sábado (11) pelo Campeonato Brasileiro. A administração lamentou o caso e repudiou qualquer caso de importunação sexual que aconteça dentro do estádio.

+ Listamos jogadores que ainda não completaram 7 jogos no Brasileirão 2022 e podem trocar de clube

Em entrevista ao 'g1', a vítima, de 36 anos, contou que, durante a partida, um homem se aproximou, encostou e passou a mão nela. Ela disse que insistiu algumas que ele parasse, mas o suspeito continuou. A mulher então trocou de lugar com o noivo e, segundo consta no boletim de ocorrência da Polícia Militar, após a troca, o suspeito agrediu o companheiro da vítima.

Ainda segundo B.O, o suspeito estava acompanhado do irmão, que, é cabo do Corpo de Bombeiros.

Nota completa:

- O Mineirão lamenta e repudia qualquer caso de importunação sexual que aconteça dentro de seus limites. O Gigante lembra que realiza campanhas educativas e, com a retomada dos jogos com público, no segundo semestre do ano passado, intensificou o trabalho de atendimento, acolhimento, encaminhamento e acompanhamento de vítimas. Tais procedimentos foram feitos no caso ocorrido na partida entre Atlético e Santos, no último sábado (11), pelo Campeonato Brasileiro. O Mineirão lembra que a campanha "Todos contra a Importunação Sexual" tem o apoio dos clubes e de órgão públicos municipais e estaduais. Os vigilantes recebem constantemente instruções sobre como agir para casos de importunação sexual ou de qualquer tipo de discriminação. O Mineirão tem um canal de denúncias por WhatsApp, com cartazes de QR Codes espalhados pelo estádio, com o intuito de agilizar o atendimento e colaborar com a apuração dos fatos junto aos órgãos de segurança. O Mineirão ressalta ainda que é importante que denúncias aconteçam para que os responsáveis sejam punidos. A Rádio Esplanada, o telão e as TVs dos corredores também exibem, durante a realização dos jogos, mensagens para que tais práticas sejam denunciadas. O estádio tem câmeras de vigilância e está à disposição das autoridades para o auxílio em qualquer investigação - escreveu a assessorai do estádio.

+ Mulher sofre assédio e é beijada à força no Mineirão: 'Gritei, mas ninguém fez nada'

O estádio é reincidente em casos de assédio contra mulheres. Em novembro do ano passado, pelo menos três mulheres denunciaram terem sido vítima de importunação sexual no Mineirão em pouco mais de uma semana.

Em abril deste ano, uma mulher de 22 anos revelou ter passado pela mesma situação após um jogo do Atlético-MG. A jovem relatou que teve o cabelo puxado e foi beijada à força.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários