Fortaleza e Athletico-PR não saem do zero pelo Brasileirão
Futebol Latino
Fortaleza e Athletico-PR não saem do zero pelo Brasileirão


Neste domingo (12) de Dia dos Namorados, as torcidas de Fortaleza e Athletico-PR não ganharam presentes dos seus clubes. Na Arena Castelão, a partida da 11ª rodada não saiu do 0 a 0. Com isso, o Leão do Pici segue na última colocação do Brasileirão. Enquanto isso, o Furacão subiu para o 5° lugar.

Agora, as duas equipes voltam a campo pelo Brasileirão Série A no meio da semana. Na quarta-feira (15), o Athletico-PR recebe o Corinthians, às 21h30. Enquanto isso, na quinta-feira (16), o Fortaleza visita o Avaí, às 19h.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

BOAS CHANCES

O primeiro tempo no Castelão foi de boas chances de lado a lado. O Fortaleza teve boas oportunidades com Yago Pikachu. Na primeira, o jogador errou a finalização, enquanto que na segunda parou na defesa de Bento.

Pelo lado do Athletico-PR, o lateral Abner Vinícius foi o responsável pela principal oportunidade da equipe. Em lance aos 23 minutos, o jogador acertou a trave, mas não conseguiu tirar o 0 a 0 do placar antes da ida para o intervalo.

MUITAS FINALIZAÇÕES, POUCA PONTARIA

Na segunda etapa, as equipes continuaram finalizando bastante, principalmente o Fortaleza. Entretanto, os erros na hora do chute foram constantes.

A principal chance da partida veio já nos acréscimos. Ceballos recebeu na pequena área, dominou, mas mandou o chute para fora, mantendo o 0 a 0 no placar e o Fortaleza com apenas uma vitória no Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA 0 X 0 ATHLETICO-PR
​​​​​​​​
Local : Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data e hora : 12/06/2022 - 19h (de Brasília)
Árbitro : André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes : Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Tiago Gomes da Silva (GO)
Cartões amarelos : Matheus Fernandes, Marcelo Cirino, Erick (Athletico-PR), Yago Pikachu (Fortaleza)
Cartões vermelhos : -

GOLS : -

FORTALEZA (Técnico: Juan Pablo Vojvoda)
​​​​
Marcelo Boeck; Landázuri (Hércules, aos 21'/2°T), Marcelo Benevenuto, Titi e Juninho Capixaba; Matheus Jussa (Ceballos, aos 30'/2°T), José Welison, Lucas Lima (Silvio Romero, aos 43'/2°T) e Yago Pikachu; Moisés (Romarinho, aos 30'/2°T) e Robson (Renato Kayzer, aos 21'/2°T).

ATHLETICO-PR (Técnico: Luiz Felipe Scolari)
​​​
Bento; Khellven, Matheus Felipe, Nicolás Hernández e Abner Vinícius; Hugo Moura, Matheus Fernandes (Erick, aos 37'/2°T), Cuello (Marcelo Cirino, aos 24'/2°T), Terans (Pedrinho, aos 13'/2°T) e Léo Cittadini (Vitor Bueno, aos 13'/2°T); Rômulo (Matheus Babi, aos 24'/2°T).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários