Ângelo é elogiado, mas Bustos prega cautela em retorno aos campos
LANCE!/DIARIO DO PEIXE
Ângelo é elogiado, mas Bustos prega cautela em retorno aos campos


O suado empate do Santos contra o Atlético-MG, no Mineirão, ganhou uma outra notícia boa: o atacante Ângelo voltou aos relacionados do Peixe. A última vez em que havia disputado uma partida foi no empate contra o Unión La Calera, no Chile, por 1 a 1, no dia 28 de abril, pela Sul-Americana.

O jogador havia passado por um exame de imagem e foi constatada uma lesão muscular na posterior da coxa direita. Ele fez o tratamento com o departamento médico e passou por um trabalho individualizado de reequilíbrio muscular, até ter condições de voltar. Apesar disso, Bustos afirma que ainda não há condições de jogar uma partida inteira.

"Eu acredito que não. Entre departamento médico, comissão técnica e preparação física, estamos observando bem. Fez 30 minutos muito bons, obviamente sentiu, porque competir a esse nível. Jogadores que já vinham com ritmo e competência, e ele tendo que voltar a esse ritmo. Não estava para jogar mais de 30 ou 35 minutos. Acredito que nos ajudou, fez um bom jogo, teve chances, mas não estava para mais minutos. Não podemos retroceder nessa recuperação", disse Bustos.

Ângelo é natural de Brasília e chegou nas categorias de base do Santos com apenas 10 anos. Estreou com a camisa do Peixe em 25 de outubro de 2020, na partida contra o Fluminense, fora de casa. Tem 68 jogos na equipe profissional. Ele foi campeão sul-americano com a Seleção Brasileira Sub-15, em 2019.

"É um menino muito jovem, com 17 anos e que tem uma condição enorme, e que temos que levar bem. Obviamente, seguiremos dando minutos e diria que em algum momento retomará sua titularidade, porque quando estava bem era titular", completou o treinador.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários