Willian, do Corinthians, fala sobre recuperação de lesão e reclama de deslealdade de adversários
Lance!
Willian, do Corinthians, fala sobre recuperação de lesão e reclama de deslealdade de adversários


Após ficar fora dos dois últimos jogos do Corinthians , o meia Willian está de volta à lista de relacionados e ficará à disposição do técnico Vítor Pereira para o confronto diante do Juventude, neste sábado (10), pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro .

+ GALERIA - Relembre 10 momentos marcantes de Jô no Corinthians

Recuperado de um trauma no tornozelo direito, sofrido há duas semanas, contra o América-MG, o comentou sobre as dificuldades em não poder ficar em campo.

– Semana boa, produtiva, fiquei dois jogos fora, por conta da lesão no tornozelo. Há algumas semanas, atrás com dificuldades, dores, hoje melhor para mudas o Corinthians Muito ruim ficar de fora, eu gosto sempre de estar em campo e quando acontece uma situação como essa a gente fica trise, mas faz parte do futebol, mas é tratar para ficar bem – falou o jogador à Corinthians TV.

+ TABELA - Confira e simule os jogos do Corinthians no Brasileirão

Acostumado ir para cima dos adversários, o camisa 10 corintiano é o atleta com mais dribles pelo clube neste Brasileirão, com 18 em oito jogos disputados. Esses números, no entanto, também fazem com que o meia seja caçado em campo e também seja o segundo do elenco do Timão que mais sofre faltas, com 15 – uma a menos que Róger Guedes, que lidera o ranking.

Em uma dessas caçadas, Willian se machucou contra o Coelho.

O jogador atribui esse cenário ao que considera deslealdade de alguns adversários e falta de pulso da arbitragem.

– O que tenho percebido nesse tempo é que na Inglaterra, por exemplo, o campeonato é duro, forte, mas leal, aqui (no Brasil) as vezes o adversário é desleal, visa somente o adversário. Mas a gente tem que procurar continuar jogando futebol e não se abalar com esse tipo de situação. As vezes pode prejudicar o adversário, no caso eu, mas procuro fazer o meu melhor que é jogar futebol – comentou Willian.

– Uma coisa que me incomoda um pouco é que as vezes o árbitro espera o adversário fazer quatro, cinco faltas, o adversário faz uma dura na primeira e ele não dá o cartão. Se for uma falta dura, mesmo sendo a primeira, por que não dar o cartão?! – concluiu.

Vice-líder do Campeonato Brasileiro, o Corinthians entra em campo nesta rodada para voltar a vencer, após ser derrotado para o Cuiabá, na última terça-feira (7), e retomar a ponta do Brasileirão, tendo que fazer a sua parte e e torcer contra o Palmeiras, que joga no domingo (12), contra o Coritiba.

O Timão está vivo em todas as competições que disputa no momento, Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores, e Willian acredita em um elenco qualificado para brigar forte em todos os torneios.

- O Corinthians sempre vai entrar em qualquer competição para conquistar títulos, nosso pensamento é brigar nas três competições, Com o calendário que temos, sem Copa do Mundo já é complicado, com Copa aumenta mais. Precisamos de todos os jogadores, mas o pensamento de todo mundo é buscar todos os títulos possíveis – destacou o meia.

Em seu retorno ao Corinthians, Willian tem 35 jogos disputados, um gol marcado e três assistências concedidas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários