Santos é apenas multado pela Conmebol por invasão de campo contra o La Calera
LANCE!/DIARIO DO PEIXE
Santos é apenas multado pela Conmebol por invasão de campo contra o La Calera


A Conmebol aplicou apenas uma advertência e uma multa de US$ 30 mil (cerca de R$ 150 mil) ao Santos pela invasão de campo por torcedores após o final do jogo diante do Unión La Calera (Chile), na Vila Belmiro, ainda pela fase de grupos da Copa Sul-Americana no dia 18 de maio.

Os quatro torcedores foram identificados e o clube constou em boletim de ocorrência na Polícia. O Santos entrará na Justiça contra os invasores, buscando o ressarcimento da multa, baseado no Estatuto do Torcedor, que determina no Art. 13-A, IX: “não invadir e não incitar a invasão, de qualquer forma, da área restrita aos competidores”, tendo o parágrafo único: “O não cumprimento das condições estabelecidas neste artigo implicará a impossibilidade de ingresso do torcedor ao recinto esportivo, ou, se for o caso, o seu afastamento imediato do recinto, sem prejuízo de outras sanções administrativas, civis ou penais eventualmente cabíveis”.

Sem punição em relação à torcida, o Peixe vai poder ter público na partida contra o Deportivo Táchira em casa pelo duelo de volta das oitavas de final da Sul-Americana. O jogo está marcado para o Morumbi, mas a tendência é que a partida seja realizada na Arena Barueri, já que a Conmebol exige que as partidas de mata-mata de suas competições seja em um estádio com ao menos 20 mil lugares. Como a Vila Belmiro não possui essa capacidade, a diretoria precisou indicar outros estádios para a realização do jogo do Peixe.

A realização do duelo em Barueri ainda depende da autorização depende da autorização do Polícia Militar e do Ministério Público para confirmar a partida na Arena. A partida do Palmeiras pela Libertadores acontece no mesmo dia e a PM não permite dois jogos em São Paulo na mesma data. Barueri ainda está localizada na mesma linha de trem que passa pela Estação Palmeiras Barra Funda.

- Será importante termos os nossos torcedores apoiando o time em mais uma decisão. Não seria certo toda a torcida ser penalizada por culpa de quatro irresponsáveis. Vamos acionar legalmente esses invasores, buscando na Justiça o ressarcimento ao Clube. Esperamos que isso não se repita, porque uma torcida e o próprio Clube não podem ser prejudicados dessa forma por um ato como esse - afirmou o presidente do Santos Andres Rueda.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários