Após sucesso amazonense no Mundial 2022, vem aí a 35ª edição da Copa Osvaldo Alves de Jiu-Jitsu
TATAME
Após sucesso amazonense no Mundial 2022, vem aí a 35ª edição da Copa Osvaldo Alves de Jiu-Jitsu


Encerrado no último fim de semana, na Califórnia (EUA), o Mundial de Jiu-Jitsu 2022 contou com o brilho dos atletas amazonenses, em especial na faixa-preta. Ao todo, representantes do estado conquistaram dez medalhas na elite do campeonato, sendo três de ouro, cinco de prata e duas de bronze. O bom aproveitamento reforçou ainda mais o Amazonas como potência do esporte e aumentou a expectativa para a 35ª edição da Copa Osvaldo Alves de Jiu-Jitsu - Gi & No-Gi.

Organizado pela Federação de Jiu-Jitsu do Amazonas (FJJAM), a Copa Osvaldo Alves de Jiu-Jitsu irá acontecer nos dias 9 e 10 de julho, na Arena Amadeu Teixeira, em Manaus. Entre os atrativos estão a distribuição de 15 mil reais para os campeões do absoluto e as academias vencedoras, além da novidade do peso aberto para crianças graduadas a partir dos 12 anos. As inscrições seguem abertas no site SouCompetidor ( veja aqui ).

Vice-presidente da FJJAM, Elvys Damasceno exaltou os medalhistas e, inclusive, vem preparando uma forma de homenageá-los:

- Parabéns a todos os amazonenses que disputaram de forma brilhante o Mundial da IBJJF. Só na faixa-preta tivemos dez medalhistas, isso sem falar no campeão mais novo da história, Mica Galvão, de apenas 18 anos, e na despedida do Xande Ribeiro - disse Elvys, que continuou:

- Posso afirmar que os melhores confrontos na faixa-preta foram dos nossos atletas, e se eles não tivessem se cruzado antes das finais, teríamos ainda mais medalhas. Nesse sentido, cito as lutas entre Matheus Gabriel x Mica Galvão e Samuel Nagai x Fabrício Andrey. O Amazonas venceu no peso-galo com o Thalison Soares, colocou Meyram Maquiné (campeão), Diego Pato e Diogo Reis nas semifinais do peso-pluma, teve o Diego Sodré com a prata e o Nagai com o bronze no peso-pena, além do Mica como campeão peso-leve. No feminino, foram três vice-campeonatos com Rafaela Guedes, Brenda Larissa e Luciana Castelo Branco. Sem dúvida, um resultado sensacional, e fica aqui meu respeito e admiração - encerrou.

As inscrições para a 35ª edição da Copa Osvaldo Alves de Jiu-Jitsu - Gi & No-Gi -, vale citar, ficam abertas até o dia 5 de julho. O torneio que homenageia o lendário Grande Mestre terá disputas com e sem quimono, do pré-mirim ao master, da faixa-branca à preta.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários