Steve Kerr, técnico dos Warriors, fala sobre domínio do Boston Celtics no garrafão no jogo 3 da final da NBA
Lance!
Steve Kerr, técnico dos Warriors, fala sobre domínio do Boston Celtics no garrafão no jogo 3 da final da NBA


Pela segunda vez na série final da NBA , o Golden State Warriors precisa correr atrás do prejuízo. Depois de perder uma e ganhar outra em casa, a ida até o TD Garden, em Boston, não foi como a equipe de San Francisco gostaria: derrota por 116 a 100 para os Celtics , nesta quarta-feira, e muitos problemas para resolver antes do próximo confronto.

A começar pelo garrafão. No terceiro jogo da decisão, os Warriors foram completamente dominados na área pintada. Os Celtics não só pegaram 47 rebotes contra apenas 31 de Golden State, como anotaram 52 pontos no garrafão contra apenas 26 dos Warriors.

>>> Brasil vence a Austrália sem sustos na estreia na Liga das Nações masculina de vôlei

Para o técnico do Warriors, Steve Kerr, a disparidade nos rebotes e nos pontos de garrafão é reflexo de uma difícil decisão que ele vem sendo obrigado a tomar jogo a jogo.

- Temos que colocar na balança o que está acontecendo em quadra e o que o nosso time precisa, se é criar mais espaçamento na quadra com arremessadores ou se é pegar mais rebotes. Hoje não conseguimos encontrar esse equilíbrio, a não ser no terceiro quarto - analisou o treinador.

Outro ponto negativo para o comandante dos Warriors foi a defesa, especialmente no primeiro tempo, quando os Celtics anotaram 68 pontos.

- Nós não marcamos bem e esse foi o principal problema. Eles simplesmente passaram por cima da nossa defesa - resumiu.

Questionado sobre a atuação do ala-pivô Draymond Green (dois pontos, quatro rebotes, três assistências e seis faltas), Steve Kerr apostou em uma volta por cima de uma de suas principais estrelas.

- Ele é um dos nossos melhores jogadores e a gente conta com a energia e a inteligência dele. Ele vai se recuperar, ele sempre se recupera. Foi uma noite difícil para a gente. Não tenho muito mais o que dizer. Está 2 x 1 para eles e temos um dia para nos prepararmos para o jogo 4 - afirmou.

O treinador comentou rapidamente sobre a situação do armador Stephen Curry, que pareceu estar mancando após uma disputa de bola com Al Horford no último quarto. Segundo Kerr, Curry saiu da quadra nos minutos finais por que a diferença no placar já era grande demais.

- Vamos saber mais sobre a lesão amanhã - disse.

Golden State Warriors e Boston Celtics voltam a se enfrentar nesta sexta-feira, novamente no TD Garden, em Boston, a partir das 22h.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários