Pés no chão: técnico dos Celtics fala em analisar erros e elogia pivôs após vitória no jogo 3 da final da NBA
Lance!
Pés no chão: técnico dos Celtics fala em analisar erros e elogia pivôs após vitória no jogo 3 da final da NBA


O Boston Celtics venceu o Golden State Warriors por 116 x 100 nesta quarta-feira e abriu 2 a 1 nas finais da NBA . No entanto, o técnico Ime Udoka mal comemorou e já estava pensando no próximo compromisso. Na sexta, os Celtics terão a segunda oportunidade de abrir duas vitórias de vantagem na decisão e ficar ainda mais perto daquele que seria o 18º título da franquia - o recorde da liga.

LEIA: Steve Kerr, técnico dos Warriors, fala sobre domínio do Boston Celtics no garrafão no jogo 3 da final da NBA

Questionado sobre a ansiedade que tal oportunidade pode causar em sua equipe, Udoka tratou de manter os pés no chão.

- Seria excelente voltar para San Francisco com essa vantagem, assim como teria sido se tivéssemos vencido o jogo 2. Mas é uma série longa e nosso foco está só no próximo jogo. Vamos analisar o que poderíamos ter feito melhor, especialmente durante o terceiro quarto - declarou o treinador.

Embora o trio Jayson Tatum, Jaylen Brown e Marcus Smart tenha carregado o ataque dos Celtics na partida, Udoka fez questão de exaltar seus pivôs e a importância do trabalho que eles fizeram contra os Warriors.

- A gente quer tentar se impor tanto na base da vontade quanto na base da estatura nessa série. Sempre vai ser uma batalha, mas quando você tem uma noite tão boa quanto essa de Robert Williams e Al Horford, obviamente é uma vantagem para nós - elogiou o comandante.

Juntos, Williams e Horford somaram 19 pontos, 18 rebotes, 6 assistências, 4 roubadas de bola e 5 tocos no jogo 3.

Boston Celtics e Golden State Warriors voltam a se enfrentar no TD Garden, em Boston, na sexta-feira, a partir das 22h.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários