Erro do VAR contra o Santos deixa Bustos triste: 'Não tenho vontade de falar de futebol'
LANCE! / DIÁRIO DO PEIXE
Erro do VAR contra o Santos deixa Bustos triste: 'Não tenho vontade de falar de futebol'


O técnico Fabián Bustos mostrou impaciência na sua coletiva de imprensa após o empate por 1 a 1 entre Santos e Internacional , na Vila, pelo Campeonato Brasileiro , na noite desta quarta-feira.


O treinador voltou a fazer duras críticas contra arbitragem sobre o gol anulado do Santos, lance que aconteceu ainda no primeiro tempo do jogo. Em cruzamento de Lucas Pires, o defensor escorou de cabeça para o gol, mas o VAR anulou o tento. No campo, o bandeira não levantou a bandeira.

- Não sei o que acontece. É muito difícil falar do futebol quando temos gols legítimos e parece que se empenham. Cada jogada nossa revisam. Contra o Ceará, os dois jogadores se agarraram. Hoje igual. É impossível. Fizemos um grande jogo contra um grande rival e fizemos mais gols que eles. O gol do Braga ficaram revisando por minutos, parecia que buscavam algo. O gol do Bauermann porque não foram ver, como fizeram contra o Ceará em Barueri - disse Bustos, que completou:

- Não tenho vontade de falar de futebol. A equipe fez um grande jogo. Merecíamos mais, fizemos mais gols. A jogada do gol do Bauermann nunca o bandeira levantou. E precisava revisar. Não sei o que está acontecendo, já me perguntaram várias vezes. Todos os jogos acontecem erros claros contra a gente e temos o VAR. O gol do Braga olha quanto tempo o jogo ficou parado. O gol deles, quanto tempo revisou? Nem 30 segundos. E tem um jogador que estava em possível impedimento, e nem revisaram. E anulam gols legítimos, como foi contra o Ceará - completou o treinador.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários