Marquinhos comenta vitória da Seleção, admite atuação abaixo, mas diz: 'Tem que saber sair com o 1 a 0'
Lance!
Marquinhos comenta vitória da Seleção, admite atuação abaixo, mas diz: 'Tem que saber sair com o 1 a 0'


Zagueiro da Seleção Brasileira , Marquinhos comentou sobre a vitória de seus companheiros sobre o Japão nesta segunda-feira, por 1 a 0 , em Tóquio, após a partida. Segundo o jogador do PSG , o Brasil teve atuação abaixo do esperado, mas o triunfo foi importante visando a Copa do Mundo.


- Era o esperado, foi um confronto difícil. Creio que nossa atuação no jogo passado foi melhor e isso acabou facilitando nosso jogo. Hoje no começo erramos alguns passes, tendo erros que deram confiança para a seleção do Japão - disse o defensor à "Globo", que completou:

- A bola estava rápida, o campo estava rápido. Foi um jogo muito bom para a gente, um teste com dificuldades. O Japão está pronto para o Mundial, pode ser um dos adversários. Às vezes temos que saber que o resultado não vai ser brilhante, mas é como se fosse Copa do Mundo e tem que saber sair com o 1 a 0. Essa é a mentalidade.

+ Veja a tabela e os grupos da Copa do Mundo

O Brasil volta a campo somente no mês de setembro, quando enfrentará a Argentina em jogo remarcado das Eliminatórias, além de mais uma partida. Este segundo desafio está indefinido, e Marquinhos falou sobre quem prefere enfrentar.

- A gente tem conversado bastante. Creio que nossa direção venha buscando as melhores opções que a gente pode ter. A gente sabe que o calendário é difícil para a gente. As seleções europeias estão numa competição só entre eles, e para a gente acaba dificultando de enfrentar uma seleção europeia, mas a gente que saber lidar com o que temos. O que vier nós temos que fazer o nosso melhor, fazer com que valha a pena, assim como fizemos nestes dois jogos aqui - frisou.

Nesta segunda, a Seleção usou pela primeira vez a bola oficial da Copa do Mundo em uma partida . Lançada em março, a "Al Rihla" é "muito leve", segundo descreveu Marquinhos.

- Leve, bem leve. A gente via os chutes que estavam mesmo com muita velocidade. O campo também estava bem rápido, que ajudou a ter um jogo rápido, de muita triangulação, de posse de bola, muitos chutes de fora da área, lançamentos... A bola é bem rápida. É melhor para irmos nos acostumando, mas é uma bola de muita qualidade. Creio que não vamos ter problema com a adaptação dela - citou.

+ Neymar fica a três gols de Pelé: veja os maiores artilheiros da Seleção na história

O camisa 4 também comentou sobre a fase da Seleção Brasileira, que vem de bons resultados. O zagueiro celebrou o momento e disse que é importante ganhar confiança visando o Mundial.

- Cada vez mais pronta, os resultados estão aí, com a classificação nas Eliminatórias, nos amistosos. Creio que cada vez mais a gente sabe que precisamos tirar alguma coisinha a mais para seguir evoluindo, o professor fazer seus testes e a gente, quando entrar em campo, fazer nosso melhor para seguir confiante, ganhar uma boa sequência. Temos que aproveitar que o momento está bom, segurar esta confiança para chegar bem na Copa do Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários