Lucas Paquetá quase foi dispensado nas categorias de base do Flamengo, revela dirigente
Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Paquetá quase foi dispensado nas categorias de base do Flamengo, revela dirigente

Considerado uma das grandes revelações do Flamengo nos últimos anos, Lucas Paquetá poderia ter deixado o clube antes de estrear entre os profissionais. Em entrevista à ESPN, Carlos Noval, gerente da base do clube, revelou que ele teve dificuldades na transição do sub-15 para o 17 e quase foi dispensado.

"Durante algumas épocas, algumas pessoas queriam mandá-lo embora: ‘Ah, esse não vai sustentar jogo’. Mas a gente falou que não: ‘Vamos segurá-lo e deixá-lo na incubadora e fazer um trabalho com ele. Nós o tiramos de campo uns dois ou três meses para que ele pudesse fazer um trabalho para pegar corpo e crescer", contou Noval.

"Cada jogador tem o seu tempo de maturação. Paquetá é um desses exemplos. Ele sempre foi um menino muito pequeno e de maturação tardia. Nas categorias dele era difícil conseguir jogar porque os outros eram muito mais fortes, mas ele já tinha uma qualidade monstruosa", completou.

Paquetá estreou pelos profissionais do Flamengo em 2016. No fim de 2018, foi vendido pelo Flamengo ao Milan por 35 milhões de euros. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários