Abel volta a fazer duras críticas contra a arbitragem após empate do Palmeiras: 'Me sinto perseguido'
Reprodução/TV Palmeiras
Abel volta a fazer duras críticas contra a arbitragem após empate do Palmeiras: 'Me sinto perseguido'


Abel Ferreira concedeu entrevista coletiva após o empate do Palmeiras contra o Atlético-MG em 0 a 0, no Allianz Parque. Muito irritado com a arbitragem mais uma vez, o treinador palmeirense desabafou sobre o número de cartões amarelos em excesso que recebe, acusando que ocorre perseguição contra ele.

"Eles fazem o melhor que sabem, mas eu fico irritado pois me deram um amarelo só por falar que era falta em um lance e não disse mais nada. Em seguida o capitão do Atlético xingou o bandeirinha e ele não teve coragem de pelo menos dar um amarelo. Eu começo a me sentir perseguido pelos árbitros brasileiros, pois hoje senti intencionalidade na ação do juiz. Eu não quero que nos ajudem, mas também não quero que prejudiquem. O árbitro não pode ser o protagonista", afirmou Abel com muita raiva da arbitragem.

Com a volta de Luan para a defesa, Abel celebrou que pode manter o nível na zaga independente do jogador que está dentro de campo, fazendo um pedido para que todos os setores tenham a mesma qualidade que o sistema defensivo palmeirense possui.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários