Estúdio que tatuou Anitta conta com artista 'queridinho' de jogadores do Flamengo
Ricardo Guimarães
Estúdio que tatuou Anitta conta com artista 'queridinho' de jogadores do Flamengo


A polêmica envolvendo o cantor Zé Neto, que criticou uma tatuagem intima da cantora Anitta , colocou em evidência temas sensíveis na sociedade como o uso de dinheiro público na cultura, mas também deu destaque para o estúdio responsável pelo trabalho e para seus tatuadores que costumam atender famosos da música e do futebol.

Localizado na Barra da Tijuca, área nobre do Rio, a empresa é conhecida por ser o point de personalidades como o ex-camisa 11 Romário .

- O Romário sempre frequenta aqui com os amigos. Ele não vem para tatuar, mas parar curtir a resenha. Aqui tem um ambiente descontraído, uma sinuca, dá para cortar o cabelo, fazer a barba. Então é frequentado por jogadores e artistas - disse Charles Barros, responsável por tatuar os boleiros que frequentam o espaço, em entrevista ao LANCE! .

Base Tatuagem 04

Estúdio de tatuagem conta com sinuca, barbearia, mini shopping e um bar (Foto: Ralff Santos/Lancepress)

Barros, de 37 anos, não foi o responsável pela tatuagem na cantora. Esse trabalho foi desenvolvido por seu colega de trabalho, Lucas Maffei, que é tatuador de famosos no mundo da música. Barros tem em seu portfólio trabalhos feitos nos atacantes Pedro e Vitinho, no meia Bruno Henrique e no lateral Rodinei, todos jogadores do Flamengo.

Tatuagem - Junior

Charles já tatuou o rosto do Maestro Júnior no braço do filho do ex-jogador (Foto: Reprodução/Rede Social)

O artista relembrou que o primeiro atleta tatuado por ele foi Pedro. Na época, o atacante ainda não tinha deslanchado no Fluminense e o encontro foi possível por causa de uma relação familiar.

- A irmã do Pedro é muito minha amiga. Ele estava subindo da base do Fluminense, então rolou a oportunidade antes de ele ir para o profissional e estourar. Eu mantive um bom contato com ele, mandando mensagem. Por causa dele eu também comecei a tatuar o Digão (ex-zagueiro do Fluminense) - disse.

Pedro e tatuador

Pedro fez uma tatto no braço direito com Charles Barros (Foto: Arquivo Pessoal)

Flamenguista fanático, o artista destacou a felicidade em se aproximar dos jogadores. Ele conta que na hora do trabalho, busca deixar os atletas à vontade.

- Para mim é impactante, porque sou flamenguista. Eu curto os caras, torço para eles, e ter a oportunidade de estar junto e conversar é bem bacana. Eu não pergunto tanto de trabalho, da vida deles. Tento deixá-los à vontade, mas a gente fala de esportes. Antes da final da Libertadores contra o Palmeiras, eu mandei uma mensagem para o Bruno Henrique desejando sorte. Ele me respondeu, agradeceu - relembrou.

Bruno Henrique - Tatuador

Bruno Barros é responsável por algumas tatuagens de Bruno Henrique (Foto: Arquivo Pessoal)

O artista conta que, entre seus clientes, Rodinei é o atleta "mais resenha". Normalmente, o tatuador atende os atletas em suas casas, mas costuma receber com mais frequência no estúdio a visita do lateral, que aproveita o passeio para jogar sinuca, tomar um açaí e fazer compras na loja.

- Eu tatuei primeiro a esposa do Rodinei. Eles fazem personal com um colega meu, ai ele fez esse meio de campo. A gente conversou por telefone, marcamos uma data para fazer a tatuagem. Ele vem aqui sempre. Quando tinha menos jogos vinha mais. Ele curtiu o ambiente. Depois que acaba de tatuar ele corta o cabelo, troca uma ideia. Normalmente quando vem, é para tatuar, mas também aproveita o ambiente.

Rodnei - Tatuador

Rodinei é o "mais resenha", segundo o tatuador (Foto: Arquivo Pessoal)

Charles falou também do estilo de tatuagem preferido dos jogadores e citou algumas feita pelos atletas.

- O Vitinho tem uma vida mais reservada. Quando veio, fez uma homenagem para a esposa. O Bruno Henrique fez uma tatoo dos filhos no peito. Fez também uma religiosa no pescoço. O Rodinei é cheio de tatuagem (feita por ele). Fez uma na coxa, uma na barriga, no pescoço e atrás da orelha. Vai fazer uma na barriga agora. Ele sempre faz aqui comigo - disse ele.

Vitinho com tatuador

Vitinho fez desenho em homenagem a esposa (Foto: Arquivo pessoal)

Charles foi mais comedido ao falar dos valores desembolsados pelos atletas, mas contou que, em alguns casos, faz o trabalho como permuta como forma de exposição. Para ele, o reconhecimento e o aumento de clientes pagantes fazem com que a parceria valha a pena.

Base Tatuagem 07

Estúdio fica localizado na Barra da Tijuca (Foto: Ralff Santos/Lancepress)

- Eu faço realismo, o preço é um pouco mais alto. Tatuagem grandona quem fez foi o Rodinei, mas o preço é difícil estipular, depende muito. As pessoas me procuram e falam: 'vim aqui porque vi que você tatuou os jogadores', então ajuda sim. (A permuta) se reverte em clientes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários