Homem detido por ameaças a Willian, do Corinthians, se desculpa: 'Torcer não é isso'
Lance!
Homem detido por ameaças a Willian, do Corinthians, se desculpa: 'Torcer não é isso'


Rafael Rocha, detido na manhã de quinta-feira (2) por ter ameaçado virtualmente o meia atacante Willian, do Corinthians , usou sua conta no Instagram para pedir desculpas ao atleta e a família do camisa 10. Ele disse estar passando por tratamentos psicológicos e afirmou que "torcer não é isso".

> GALERIA - Veja os garotos da base que tiveram chances com VP

- Willian, peço mil perdões a você e a sua família por ter copiado palavras que não expressam quem eu sou e nem o que desejo a vocês. Passo atualmente por problemas e tratamento psicológico, e peço humildemente desculpas pelos problemas provocados. Peço que respeitem o trabalho de cada um e não façam o que eu fiz, pois torcer não é isso - escreveu o jovem em seu Instagram após ser liberado pela polícia.

O jovem de 21 anos, que trabalha como auxiliar de nutrição, prestou depoimento na manhã de quinta-feira (2), foi liberado pela polícia e irá responder em liberdade pelo crime de ameaça.

> TABELA - Confira e simule os jogos do Timão no Brasileirão

Essa é a segunda vez que Willian recorre à justiça após ameaças virtuais. A primeira foi direcionada a filha do jogador, após a derrota corintiana para o Always Ready, da Bolívia, na estreia da Copa Libertadores, no início de abril.

Dessa vez, as mensagens foram encaminhadas diretamente ao perfil do atleta e expostas pela esposa de Willian nas redes sociais. Na quarta-feira (1), o camisa do Timão registrou um Boletim de Ocorrência no Departamento de Operações Policiais Estratégicas (DOPE).

A postagem de Rafael, que se identificava como ‘raphaoriginal’ em seu perfil pessoal, foi enviada no último domingo (29), depois do empate em 1 a 1 do Timão contra o América-MG, na Neo Química Arena, pelo Campeonato Brasileiro.

- Corinthians é tiro, é bandido, é facada, tome de favela, de bagunça!! Não é a p*** que ‘taí’ não, cambada de marica!! Ou joga por amor, ou joga por terror!! Já vai tarde, ‘fi’. Tem que ser homem em dobro para vestir nossa camisa, c**** - escreveu Rafael.

O episódio aumentou o dilema para Willian, que tem um carinho especial pelo Corinthians e desejava cumprir o seu contrato até o fim, em dezembro de 2023, mas que agora se vê temeroso com os episódios recentes e balançado, pois a sua família deseja retornar para a Europa.

Desde as primeiras ameaças, depois do jogo contra o Always, na Bolívia, a rotina da esposa, filhas e do próprio Willian já havia mudado, se tornando mais reservada, saindo só para compromissos essenciais, acompanhamento de seguranças em algumas ocasiões e utilização de carro blindado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários