Zverev joga muito e derruba Alcaraz em Roland Garros
TÊNIS NEWS
Zverev joga muito e derruba Alcaraz em Roland Garros


O jovem Carlos Alcaraz, de 19 anos, terá que esperar mais um pouco para ganhar seu primeiro Grand Slam. O alemão Alexander Zverev, terceiro do mundo, jogou muito tênis e eliminou a sensação da temporada nas quartas de Roland Garros nesta terça-feira.

O germânico marcou 3 sets a 1 com parciais de 6/4 6/4 4/6 7/6 (9/7) após 3h18min na lotada quadra central Philippe Chatrier que estava a favor do jovem espanhol.

Zverev, que era o azarão na partida mesmo a frente no ranking contra o sexto colocado, vai disputar, na sexta-feira, sua segunda semifinal seguida em Paris e tentará vaga inédita na final contra Novak Djokovic ou Rafael Nadal. O alemão tem uma decisão de Major, em 2020, no US Open.

Ele se vinga de Alcaraz que o derrotou com facilidade na final do Masters 1000 de Madri, na Espanha, no começo do mês. Foi o quarto jogo entre os dois e a terceira vitória de Sascha.

Carlitos, como é chamado, chegou com pinta de favorito apesar da idade, após vencer o Masters de Madri derrubando Nadal e Djokovic , além dos títulos do ATP 500 de Barcelona, na Espanha, do Rio Open e o Masters 1000 de Miami. Ele só tinha uma derrota em 18 jogos no piso lento antes do Grand Slam nesta temporada.

O jogo

Alcaraz começou a partida com certo nervosismo, cometendo erros e Zverev sacava bem e jogava muito firme no fundo de quadra. Uma tentativa de saque e voleio no break-point contra no 2/2 deu a primeira quebra para Zverev com erro na rede de Alcaraz. Sascha se manteve bem no saque até o fim e fechou por 6/4 em parcial com 16 erros não-forçados do jovem de Murcia.

Alcaraz reclamava consigo mesmo, gesticulava. Não estava feliz. O segundo set foi parecido. No 3 a 3 nova tentativa de saque e voleio no break contra e Zverev leu bem, conseguiu o ponto e a quebra. Zverev teve apuros para consolidar o saque, salvou chances, mas marcou 6/4.

No terceiro set o espanhol se soltou vendo que as chances eram escassas de vitória. Ele diminuiu os erros, mas Zverev conseguia confirmar o saque. No 4 a 4, Zverev teve chance de quebra, só que jogou devolução curta, Alcaraz usou a deixada, se salvou, confirmou e no game seguinte mais três curtas para conseguir a quebra para fechar a parcial por 6/4.

O quarto set foi ainda mais emocionante. Os dois foram confirmando e Zverev conseguiu a quebra e sacou para a vitória com 5 a 4. Começou mal o game com segundo saques e erros. Alcaraz tirou da cartola dois winners espetaculares e devolveu a desvantagem. O espanhol virou, mas Zverev conseguiu levar ao tie-break. O desempate foi com pontos longos e incríveis com a torcida agitando os atletas. Zverev abriu 2 a 0, Alcaraz virou para 3 a 2 com dois saques, Zverev virou para 5 a 4. O espanhol teve 6 a 5 e saque, mas Zverev se salvou e tirou um lindo winner de passada. O alemão teve um match-point com o saque, mas Carlos salvou com maestria. Na segunda chance não deu, Zverev tirou um winner espetacular na devolução de backhand e sacramentou a vitória.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários