McGregor admite paixão pelo Boxe, mas diz que história no UFC está 'apenas começando'
TATAME
McGregor admite paixão pelo Boxe, mas diz que história no UFC está 'apenas começando'


Maior estrela do UFC, em termos de premiações e espaço na mídia, Conor McGregor se lesionou seriamente há quase um ano. O revés, no entanto, não impede sua preparação para voltar ao octógono, apesar de algumas restrições. O irlandês falou sobre seu estágio na recuperação e aproveitou para detalhar o seu futuro, em entrevista ao canal “Sky Sports”, em Mônaco, neste fim de semana, quando estava acompanhando os bastidores da Fórmula 1.

O ex-campeão peso-leve e peso-pena do UFC não escondeu sua paixão pelo Boxe e disse ter planos de fazer lutas novamente na modalidade. Sonhando em rever grandes momentos de quando ele competiu profissionalmente e enfrentou, em 2017, Floyd Mayweather, os fãs esfregam as mãos. O esperado retorno, no entanto, não será em breve, ao contrário do MMA.

- Boxe é o meu primeiro amor nos esportes de combate. É o Boxe. Eu me diverti muito da última vez que estive lá. Obviamente, meu retorno vai ser dentro do octógono pelo UFC no MMA. Essa história está longe de terminar. De fato, essa história está sendo escrita. É apenas o começo. É aí que eu vou fazer meu retorno. Mas o boxe, eu vou agraciar o ringue novamente no futuro - revelou o irlandês, que está passando férias no principado europeu.

Sobre a lesão, McGregor ressaltou que está treinando apenas boxe, enquanto espera a liberação médica para poder retornar à rotina de treinos a que está acostumado. Aos 33 anos, com um cartel de 22 vitórias e seis derrotas no MMA profissional, ele acredita que com o fim das restrições estará em pouco tempo de volta.

- Meu corpo está indo bem. Depois disso, nós vamos ampliar o treinamento pouco a pouco. Eu devo começar a chutar agora. Eu tenho outro exame nos próximos dias. Depois eu vou ser liberado para chutar. Assim que eu puder chutar e fazer grappling, eu vou voltar em um piscar de olhos. Os treinos de Boxe estão indo bem e também os treinos de força. Isso é tudo. Eu estou empolgado para voltar - disse McGregor.

Atualmente, o irlandês ocupa a nona posição no ranking peso-leve do UFC e vem de uma fase irregular, com três derrotas nas últimas quatro lutas, sendo dois em sequência para Dustin Poirier, em janeiro e julho. A briga para recuperar seu espaço é mais um motivo para voltar com tudo ao octógono mais famoso do mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários