Ganso e José Aldo inauguram projeto social em Duque de Caxias
Lance!
Ganso e José Aldo inauguram projeto social em Duque de Caxias


Paulo Henrique Ganso e José Aldo decidiram se unir em prol da solidariedade. Ambos são atletas conhecidos em suas respectivas modalidades esportivas e decidiram fazer a alegria de 150 crianças em Duque de Caxias.

+ Memes com Hugo Souza bombam na web após atuação de gala no Fla-Flu

Os dois estiveram reunidos na tarde do último sábado no Ciep Darcy Vargas, em Saracuruna, para a inauguração da terceira unidade do projeto "Craque do Amanhã". A ação completa 10 anos de atuação neste mês.

O jogador do Fluminense é padrinho do projeto ao lado da atriz Juliana Paes e dos jogadores Ibson, Vagner Love e Éverton Ribeiro. Ganso e Aldo chegaram de surpresa na escola estadual e distribuíram presentes e autógrafos para os jovens.

José Aldo discursou para os jovens e ressaltou a importância do projeto para as crianças.

- Hoje é uma data especial, nosso projeto completa 10 anos e espero que vocês possam aproveitar todas as oportunidades que tiverem aqui. Não sabemos se daqui sairão jogadores de futebol, mas tenho certeza de que aqui terão todo o apoio para serem encaminhados ao mercado de trabalho, e o principal, sairão pessoas do bem, pais de família, enfim, nada é fácil, mas não desistam dos sonhos, corram atrás dos seus objetivos sempre - declarou o lutador.

Emocionado, Ganso incentivou os jovens a não desistem dos seus sonhos.

- Hoje é uma data especial, nosso projeto completa 10 anos e espero que vocês possam aproveitar todas as oportunidades que tiverem aqui. Não sabemos se daqui sairão jogadores de futebol, mas tenho certeza de que aqui terão todo o apoio para serem encaminhados ao mercado de trabalho, e o principal, sairão pessoas do bem, pais de família, enfim, nada é fácil, mas não desistam dos sonhos, corram atrás dos seus objetivos sempre - afirmou o meia.

A unidade do "Craque do Amanhã" em Duque de Caxias é financiada pela empresa Braskem, através da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte. O projeto beneficia 150 jovens em situação de vulnerabilidade social com idade entre 7 e 15 anos.

+ Com ex-UFC e promessa brasileira, Brazilian FS promove primeira disputa de cinturão feminino de sua história

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários