CBF divulga áudios do VAR no clássico entre Santos e Palmeiras
LANCE!/DIARIO DO PEIXE
CBF divulga áudios do VAR no clássico entre Santos e Palmeiras


A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou os áudios do VAR no clássico deste domingo entre Santos e Palmeiras , na Vila Belmiro, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro . O VAR interferiu em dois lances e as decisões foram contrárias ao Santos: anulação do gol de Marcos Leonardo e o pênalti de Rodrigo Fernandez em Marcos Rocha.

+ Em memes, torcedores do Palmeiras zoam freguesia do Santos

No primeiro lance, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira não viu falta no momento da disputa entre o atacante Léo Baptistão e o volante Zé Rafael.

"Nada, nada, nada", grita o árbitro .

Na cabine do VAR, um dos responsáveis diz:

"Possível falta de ataque".

Após o gol, o árbitro de vídeo, Wagner Reway, pede para rever a jogada e checar a falta.

"Deixa eu ver essa possível falta de ataque...É, empurra", diz Reway, após rever o lance.

Na sequência, o VAR checa para ver a posição de Marcos Leonardo e se o toque de Gabriel Menino na jogada tiraria o impedimento. Eles entendem que o atacante do Santos estaria em posição legal.

"A bola vem para trás e ele (Gabriel Menino) joga para a frente", diz um dos assistentes do VAR.

"A bola tá curta, mas tem esse empurrão aqui. Ele empurra", responde Wagner Reway, antes de chamar o árbitro.

"Luiz, recomendo uma revisão por falta na app (início da fase de ataque) e tem o impedimento para você julgar, mas tem uma falta que me parece clara para você julgar", afirmou o VAR.

"Pela proximidade não dá para saber se ele (Gabriel Menino) joga, eu acho que ele não joga", responde o árbitro, ao se dirigir para a cabine do VAR.

"Primeiro vou te mostrar a possível falta, ok", responde o VAR. "Ele domina a bola e o jogador 92 vem por trás e empurra ele", diz Wagner Reway.

"Ok, empurrão nas costas", responde Luiz Flávio de Oliveira.

Eles ainda olha os lances algumas vezes.

"Quer que eu mostre o impedimento?", diz o VAR.

"Pode mostrar, mas aqui já mata o lance na falta", responde o árbitro.

"Estou impedindo o gol e marcando a falta, ok?", diz Luiz Flávio na decisão final.

PÊNALTI APÓS CONSULTA AO VÍDEO

Outro lance checado pelo VAR foi o pênalti de Rodrigo Fernández em cima de Marcos Rocha no segundo tempo. Luiz Flávio de Oliveira não marcou a falta no momento da disputa.

"Nada, nada, só um encontro, normal", diz o árbitro.

Na cabine do VAR, no entanto, a interpretação foi diferente.

"Foi um tranco nas costas", diz um dos assistentes do VAR.

Wagner Reway entra em cena novamente e chama o árbitro.

"Luiz, te recomendo revisão para possível penal. O tranco foi nas costas do jogador", diz o VAR.

O VAR mostra as imagens em câmera lenta.

"Solta em velocidade normal", pede Luiz Flávio de Oliveira.

"É nas costas e não nos ombros", diz o VAR.

"Estou voltando, penalidade, pênalti, foi nas costas, totalmente nas costas", diz Luiz Flávio.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários