ANÁLISE: São Paulo tem jogo instável em empate contra o Ceará
Gabriel Santos
ANÁLISE: São Paulo tem jogo instável em empate contra o Ceará


O São Paulo cometeu muitos erros no empate por 2 a 2 contra o Ceará , em duelo válido pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro. Erros que fizeram o time comandado por Rogério Ceni desperdiçar a chance de assumir a liderança do Brasileirão.

ATUAÇÕES: Era para ser dia de Calleri, mas São Paulo tem segundo tempo ruim em empate com o Ceará

VEJA A TABELA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Para o duelo contra o Vozão, Ceni mandou a campo o time considerado ideal, novamente apostando em uma linha de três zagueiros, com Diego Costa na direita, Arboleda na sobra e Léo na esquerda. Com isso, os alas Rafinha e Reinaldo tinham mais liberdade para criarem.

Essas subidas dos laterais, inclusive, foi o ponto forte do São Paulo no jogo, principalmente no primeiro tempo. Em uma dessas subidas ao ataque, Rafinha cruzou na cabeça de Calleri, que marcou o primeiro gol do Tricolor na partida.

São Paulo teve momentos bons e ruins (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

No entanto, a instabilidade deu as caras pela primeira vez na reta final do primeiro tempo, quando numa desatenção de Arboleda, que errou na saída de bola, o Tricolor sofreu o gol. O 'sobe e desce' emocional terminou 'bem' para o São Paulo no primeiro tempo, já que Nestor marcou o segundo antes do intervalo.

Na volta para o segundo tempo, o Ceará apostou nas entradas dos titulares Vina e Mendoza. A dupla cearense preocupou a defesa são-paulina, que novamente se mostrou insegura. O atacante marcou o gol de empate do Vozão.

Com o jogo empatado, novamente veio a instabilidade do São Paulo, que foi para o 'desespero', não conseguindo levar perigo, a não ser em um chute de longe de Pablo Maia, que triscou a trave.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários