Além de Medina, Yago Dora reforça o Brasil na etapa da Indonésia da WSL
Lance!
Além de Medina, Yago Dora reforça o Brasil na etapa da Indonésia da WSL


Além do tricampeão mundial Gabriel Medina, o Brasil terá o reforço de Yago Dora na etapa da Indonésia do Circuito Mundial da WSL, a primeira após o corte da elite no meio da temporada.

+ Tricampeão olímpico Zé Roberto recusa propostas de Turquia e Rússia por Barueri: 'Projeto é razão de viver'

Medina já estava confirmado para o restante do ano com um convite da entidade , enquanto Yago foi chamado para substituir o havaiano Seth Moniz, que se contundiu treinando em G-Land.

A Seleção Brasileira terá nove surfistas competindo na competição, que tem prazo entre sábado até o dia 6 de junho em Banyuwangi, na ilha de East Java.

O fuso horário é de 10 horas a mais do Brasil, então se a competição começar as 8h00 do sábado, serão 22h00 da sexta-feira no horário de Brasília. O evento será transmitido ao vivo pelo WorldSurfLeague.com e pelo Globoplay e SporTv no Brasil.

Gabriel Medina não compete desde que conquistou seu terceiro título mundial, em setembro do ano passado, em Trestles, na Califórnia. Yago Dora ainda participou de duas etapas do WSL Qualifying Series em novembro no Brasil, ganhou o Saquarema Surf Festival e conquistou o título sul-americano da temporada 2021/2022 da WSL Latin America.

Isso antes de sofrer uma lesão no pé esquerdo e precisar de uma intervenção cirúrgica. Os dois não participaram de nenhuma das cinco primeiras etapas do Circuito Mundial em 2022.

Medina pediu uma licença médica para cuidar da sua saúde mental e ganhou um convite da WSL para competir na segunda metade da temporada. Yago seguia o tratamento para recuperação da cirurgia, mas já estava em Bali treinando em Uluwatu e em outras ondas da Indonésia, quando foi convocado para substituir Seth Moniz. Ele já está se dirigindo para a ilha de Java.

Mudanças na Seleção Brasileira

A equipe verde e amarela perdeu João Chianca e Deivid Silva no novo corte na elite no meio da temporada, implantado esse ano. No entanto, G-Land continuará com o mesmo número de nove surfistas, com o reforço de Medina e Dora. A quantidade de competidores para as cinco últimas etapas do CT 2022, foi reduzida de 36 para 24 atletas na categoria masculina e de 18 para 12 na feminina.

A primeira fase continua sendo classificatória, mas agora os homens que estrearem com vitórias, já avançam direto para as oitavas de final e as mulheres para as quartas de final. Quem ficar na segunda e terceira posições, têm uma nova chance de classificação nos duelos homem a homem que passarão a ser iniciados na segunda fase, ou repescagem.

Se o evento começar pela categoria masculina, Jadson André já vai competir na primeira bateria, contra o australiano Ethan Ewing e o sul-africano Jordy Smith.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários