Marcos Uchôa fala sobre crise e demissões na Globo: 'Diminuição de dinheiro acarreta em prejuízos'
Lance!
Marcos Uchôa fala sobre crise e demissões na Globo: 'Diminuição de dinheiro acarreta em prejuízos'


Em novembro do ano passado, após 34 anos no jornalismo esportivo da Globo, passando também pela cobertura de política e de guerra, Marcos Uchôa resolveu pedir demissão da emissora . Em entrevista ao podcast Inteligência Ltda, o jornalista falou sobre sua decisão que passa por uma crise na emissora.

> Narrador se declarou ao vivo! Veja aqui para quais times torcem os jornalistas esportivos

- Acho que a Globo está sofrendo, como muitos meios de comunicação, com a saída do dinheiro das mídias tradicionais e a entrada desse dinheiro na internet. É uma realidade que anos atrás não existia - disse Uchôa, que complementou:

- Essa diminuição de dinheiro acarreta em prejuízos e necessidades de adequar os gastos. Nesse aspecto, cortando as pessoas que são mais velhas e estão há mais tempo lá, de fato, é uma economia de gastos mais rápida - afirmou.

+ André Hernan fecha com plataforma de streaming e trabalhará ao lado de outro jornalista ex-Globo

Uchôa revelou ter optado por pedir demissão por não concordar com a nova prática da emissora de diminuir os custos de operação.

- Gosto de ir aos lugares, fazer as reportagens in loco. Mas, foi difícil largar o salário que eu tinha. Era um salário muito bom, confortável.

Ainda neste ano, Marcos Uchôa pretende ingressar na vida política. Recentemente, o jornalista confirmou sua filiação ao PSB, e agora avalia lançar sua candidatura como deputado federal nas próximas eleições.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários