Jô mostra confiança com cautela por liderança do Corinthians no grupo da Libertadores
Lance!
Jô mostra confiança com cautela por liderança do Corinthians no grupo da Libertadores


Um dos jogadores mais experientes do elenco corintiano, o atacante Jô está confiante no clube carimbar a classificação às oitavas de final da Libertadores como primeiro colocado do grupo E. Mesmo assim, o jogador deixou claro que o Corinthians não pode menosprezar o Always Ready, da Bolívia, adversário desta quinta-feira (26), às 21h, na Neo Química Arena.

> GALERIA - Veja todos os técnicos estrangeiros do Timão
> TABELA - Veja tabela da Libertadores e simule os próximos jogos

O time boliviano já não tem mais chances de classificação na Liberta e virá para São Paulo com time reserva, focado no seu campeonato local, já que tem confronto pelas quartas de final na próxima semana.

Ainda assim, Jô destacou que para uma equipe jogar a Libertadores é preciso ter qualidade, o que é o caso do Always.

- Jogo muito difícil amanhã, adversário complicado, Libertadores você não pode menosprezar nenhum tipo de adversário, tofos tem qualidade, se estão na competição tem qualidade. Manter o pé no chão, o nível de jogo e conseguir os três pontos e a liderança – destacou o centroavante à Corinthians TV.

O jogador corintiano relembrou que a estreia do Timão na Libertadores neste ano foi justamente com derrota para o Always Ready, a única do clube alvinegro até aqui na competição, na altitude de La Paz. No entanto, o atacante ressaltou a recuperação do Corinthians nos jogos seguintes, principalmente com as duas vitórias em dois jogos dentro de casa, combinado com os dois pontos conquistados fora, contra Deportivo Cali e Boca Juniors, na Colômbia e Argentina, respectivamente.

- O primeiro jogo da Libertadores foi na altitude, tivemos muita dificuldade, nos assustou um pouco, porque largamos atrás em uma competição de tiro curto, como a Libertadores. Mas depois nos recuperamos dentro da competição, conseguimos as vitórias em casa, conseguimos dois pontos importantíssimos fora, contra o Cali e o Boca, e entramos na última rodada com uma possibilidade muito grande de terminar em primeiro – disse Jô.

O atleta reforçou a importância da classificação na liderança do grupo E para poder decidir o máximo dos jogos possíveis em casa no mata-mata da Liberta.

- O nosso primeiro objetivo é a classificação, é óbvio, mas se puder ser o primeiro do grupo melhor ainda, porque você vai para a próxima fase decidindo em asa, e sabemos a força da nossa torcida – afirmou o corintiano.

No momento, o Corinthians é o vice-líder da sua chave, com os mesmos oito pontos que o líder, Deportivo Cali, que está na frente por ter três gols a mais de saldo. Para terminar a fase de grupos na ponta, o Timão precisa vencer o Always e torcer para que os colombianos não batam o Boca Juniors, em Buenos Aires.

Caso empate, o Time do Povo assegura a sua classificação, mas na segunda colocação, independentemente do resultado de Boca e Cali.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários