Dona do cinturão peso-mosca do UFC, Shevchenko quer subir de divisão para tentar título dos galos
TATAME
Dona do cinturão peso-mosca do UFC, Shevchenko quer subir de divisão para tentar título dos galos


O título e o domínio cada vez maior de Valentina Shevchenko na categoria peso-mosca parecem estar abrindo horizontes. A lutadora do Quirguistão tem um planejamento ambicioso para fazer história no MMA. Antes disso, no entanto, a atual campeã defenderá novamente o cinturão, desta vez contra a brasileira Taila Santos, no card do UFC 275, em Singapura, no próximo dia 11 de junho.

O desejo de Valentina Shevchenko é fazer história e se tornar campeã em outra categoria de peso, ainda em 2022. Vale ressaltar que entre 2015 e 2017 ela disputou lutas na divisão peso-galo e se destacou com vitórias sobre Holly Holm e Julianna Peña, que é a atual campeã dos galos. Em entrevista ao site MMA Fighting, a lutadora falou sobre seus planos:

- Acho que sim (possibilidade de subir para a categoria peso-galo feminino para disputar o título). Sempre há a chance. Definitivamente, quanto maior a luta, melhor. Acho que até o final do ano será uma boa luta. Mas também temos que ver. Miesha (Tate) está chegando ao peso-mosca. Tantas coisas podem acontecer, muitas coisas podem mudar. Então sim, acho que é possível. É muito, muito, muito possível -.

Com 22 vitórias e três derrotas na carreira, Valentina teve a oportunidade de disputar o cinturão da categoria peso-galo em setembro de 2017, quando foi derrotada pela brasileira Amanda Nunes na decisão dividida dos jurados. O resultado gerou polêmica na época. Após a derrota, ela desceu para a categoria peso-mosca, se tornou campeã e não perdeu mais.

Agora, a lutadora está embalada por uma sequência de oito vitórias consecutivas no UFC. Em sua última luta superou Lauren Murphy por nocaute técnico no quarto round no card do UFC 266, em setembro do ano passado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários