Com ex-UFC e promessa brasileira, Brazilian FS promove primeira disputa de cinturão feminino de sua história, neste domingo
Lance!
Com ex-UFC e promessa brasileira, Brazilian FS promove primeira disputa de cinturão feminino de sua história, neste domingo


Em sua 10ª edição, que acontece no próximo domingo, 29, em São Bernardo do Campo, São Paulo, o Brazilian Fighting Series coloca em disputa o primeiro cinturão feminino de sua história. Kalindra Faria, em sua primeira atuação pós-UFC, e Diná da Silva duelam na luta principal valendo o título dos pesos-palhas.

Kalindra não teve uma boa passagem pelo UFC. Foram três derrotas em três lutas. Mas seu retorno ao MMA nacional remete a um bom retrospecto: ela não perde em lutas no Brasil desde 2011. De lá para cá, foram 13 lutas e 13 vitórias. Aos 35 anos, a veterana, que iniciou sua carreira em 2009, quer mostrar que ainda tem lenha a queimar.

Oito anos mais nova que a oponente, Diná da Silva estreou no MMA em outubro de 2018, dois meses depois da luta mais recente de Kalindra. Se a paulista leva total vantagem no quesito experiência, a pernambucana tem a seu favor a juventude e o retrospecto. Diná está invicta, com três vitórias em três lutas, todas por via rápida.

Na luta que antecede a disputa de cinturão do card, outro retorno de um atleta que vem do UFC. O peso-pena uruguaio Eduardo Garagorri, que não luta desde a derrota para Darren Elkins, em 2020, busca reencontrar o caminho das vitórias em duelo contra o invicto William de Tárcio, que venceu todas as oito lutas que disputou.

O card ainda tem a luta entre os meio-médios Wilker Feijão, ex-campeão do Jungle Fight, e Vanilton Antunes, campeão do Favela Kombat; os combates dos gêmeos Marciano e Márcio Ferreira, contra Tiago Xavier e Carlos Daniel, respectivamente, e a presença de Rafael Tocha, marido da lutadora do UFC Luana Dread.

“Novamente apresentamos um card com veteranos, mostrando nosso respeito e agradecimento por quem vem há tempos deixando suor e sangue pelo nosso esporte, e também com promessas, dando oportunidades a quem precisa. O Brazilian Fighting Series é o palco para fazer os lutadores brasileiros mudarem de vida", destacou o presidente do evento, Lucas Lutkus.

O Brazilian Fighting Series é transmitido ao vivo pelo canal CFX Sports no Youtube.

O evento também anunciou os eventos do segundo semestre de 2022, mantendo a ideia de promover edições em todas as regiões do país: 31 de julho, em Fortaleza; 28 de agosto, em Brasília; 11 de setembro, em São Paulo; 8 de outubro, em Curitiba; 13 de novembro, em Manaus; e 11 de dezembro, no Rio de Janeiro.

Confira abaixo o card completo da próxima edição (sujeito a alterações):

Brazilian Fighting Series 10
Thunder Fight Center, São Bernardo do Campo, SP
Domingo, 29 de maio de 2022


Peso-palha: Kalindra Faria x Diná da Silva - Disputa de cinturão
Peso-pena: William de Tarcio x Eduardo Garagorri
Peso meio-médio: Wilker Feijão x Vanilton Antunes
Peso-galo: Inaildo Santos x Nilton Gavião
Peso-galo: Jair Leonel x Tayron Pedro
Peso-mosca: Tiago Xavier x Marciano Ferreira
Peso meio-médio: Rafael da Silva x Thiago Hayne
Peso-mosca: Felipe dos Santos x Rafael Montouro
Peso-mosca: Mariana Salles x Thalita Soares
Peso-pena: Patrick Bittencourt x Rafael Leleu
Peso-mosca: Bruna Vargas x Alana Souza
Peso-pena: Alisson Lopes x Daniel Silva
Peso-pena: Lucas Lima x Gustavo Henrique
Peso-mosca: Márcio Ferreira x Carlos Daniel

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários