Fabián Bustos comemora Santos vivo nas competições mata-mata
LANCE! / DIÁRIO DO PEIXE
Fabián Bustos comemora Santos vivo nas competições mata-mata


Na noite desta terça-feira, o Santos empatou em 1 a 1 com o Banfield , da Argentina, na Vila Belmiro. Com o resultado, a equipe conquistou a classificação para a próxima fase da Copa Sul-Americana pelo saldo de gols. Isso por que a Unión La Calera, do Chile, só conseguiu vencer a Universidad Católica, do Equador, por um gol de diferença: 3 a 2 .


Após o duelo na Vila, o técnico Fabián Bustos comentou sobre a partida. Mais uma vez ele reclamou da arbitragem e falou sobre o fato do time der jogado com dois homens a mais boa parte do segundo tempo . O Banfield teve dois atletas expulsos na segunda etapa do jogo.

- Ficamos 11 contra 10 contra o Ceará. Estávamos bem no 11 contra 11 e com um a mais não fomos bem. Se não temos chances, é culpa minha. Mas tivemos chances claras. Dois pênaltis não cobrados. Um o assistente marca e o árbitro não. Não é desculpa, tínhamos que ter efetividade e ganhar. Gol dele foi Puskas, fora de contexto. Se tivéssemos vantagem no intervalo, com tranquilidade faria mais. Com pressão, fica difícil - disse Bustos.

Com a classificação, o Peixe agora está nas oitavas de final da Copa Sul-Americana, além de brigar no topo do Brasileirão e ter avançado de fase na Copa do Brasil. Bustos comentou sobre o momento vivido na Baixada Santista.

- Eu e comissão técnica temos que dar tranquilidade e ferramentas para termos paciência necessária e causarmos mais danos. Estou agradecido a todos. Brigávamos para não cair e agora avançamos em duas competições: Copa do Brasil e Sul-Americana. Ganhamos três. Queria mais gols, mas não conseguimos. Temos que trabalhar para melhorar - completou o treinador.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários