Torcedores do Corinthians entoam cânticos homofóbicos no Majestoso, e clube faz alerta no sistema de som
Rafael Marson
Torcedores do Corinthians entoam cânticos homofóbicos no Majestoso, e clube faz alerta no sistema de som


Torcedores do Corinthians entoaram cânticos homofóbicos antes e durante o empate por 1 a 1 com o São Paulo , na Neo Química Arena, em jogo pelo Campeonato Brasileiro .

> GALERIA - Relembre a sequência invicta do Corinthians contra o São Paulo na Neo Química Arena

Com os jogadores de ambos times no aquecimento, a torcida corintiana começou com o coro: "Vai pra cima delas Timão, da bich.....". Também foi possível escutar: "Vamos! Vamos Corinthians! Que essa bic..., teremos que ganhar".

Em outros momentos da partida, a Fiel repetiu os cânticos homofóbicos. Os locutores da Neo Química Arena, por meio do sistema de som do estádio, pediram para os torcedores pararem com os gritos, reforçando que o clube alvinegro poderia ser punido.

Aos cinco minutos do segundo tempo, o árbitro Wilton Pereira Sampaio paralisou a partida e comunicou o quarto árbitro, Lucas Canetto Bellote, sobre os gritos da torcida.

Na súmula, o árbitro Wilton Pereira Sampaio relatou que foi informado sobre os cânticos homofóbicos nas arquibancadas pela comissão técnica do São Paulo.

- Durante o intervalo fomos informados pelos membros da comissão técnica do são paulo futebol clube que estariam sendo entoados cânticos homofóbicos por parte da torcida do sport club corinthians paulista contra a equipe visitante. desta forma, solicitamos ao delegado da partida, victor andré rodriguez ballesteros, que fosse solicitado através do sistema de som do estádio que os referidos cânticos fossem cessados. informamos que o procedimento foi realizado conforme solicitado. aos 4 minutos do segundo tempo, no momento que a partida se encontrava paralisada para a cobrança de escanteio da equipe mandante, me dirigi ao quarto árbitro, lucas canetto bellote, e ao delegado da partida para informar que cânticos homofóbicos estavam sendo entoados pela torcida do sport club corinthians paulista. neste momento o sistema de som do estádio solicitou que os cânticos fossem paralisados. reitero que após a comunicação do sistema de som do estádio a equipe de arbitragem não identificou mais os cânticos desta natureza e a partida prosseguiu - relatou Wilton na súmula.


TABELA - Confira e simule os jogos do Timão no Brasileirão

Em agosto de 2019, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) determinou que os clubes poderão ser punidos com perda de pontos em casos de gritos homofóbicos entoados nos estádios. Assim como fora do universo do futebol, os atos de preconceito serão enquadrados como uma atitude indisciplinar.

Com o empate, o Corinthians segue sem perder para o São Paulo na Neo Química Arena. A equipe de Vítor Pereira permanece na ponta do Brasileirão, com 13 pontos. O Tricolor, com 11 pontos, ocupa o 6º lugar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários