Rodrigo Caetano no Vasco? Momento atual no Atlético-MG pode facilitar contratação do executivo
Felippe Rocha
Rodrigo Caetano no Vasco? Momento atual no Atlético-MG pode facilitar contratação do executivo


O sinal dado pela 777 Partners foi de grandeza: se a compra do futebol do Vasco for confirmada, o diretor de futebol do atual campeão brasileiro deverá ser acionado para ser executivo do Cruz-Maltino. Um sinal de grandeza, mas que casa com o contexto de Rodrigo Caetano, atualmente, no Atlético-MG. É bem possível que a terceira passagem do dirigente por São Januário ocorra, realmente.

Isso por algumas razões. A primeira é que o contrato do dirigente com o Galo se encerra no final deste ano e ainda não houve conversas para a extensão do vínculo. Tal instabilidade sobre o futuro se soma a outros motivos que diminuem a química de Caetano com os superiores no momento atual.

A possibilidade de investimentos para 2022 não aumentou, em relação ao ano passado, como anteriormente previsto. Também por isso, a relação com os "4 R", quarteto de mecenas do Galo, não é tão boa como já foi. Paralelamente, o dirigente não tem cara branca em todas as negociações. Isso, no Vasco, muito provavelmente aconteceria.

No Cruz-Maltino, Rodrigo Caetano chegou a ter status de ídolo junto à torcida, especialmente pela montagem do elenco campeão da Copa do Brasil de 2011. Ele esteve no clube de São Januário também na bem sucedida campanha do time na Série B do Campeonato Brasileiro de 2015.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Caso seja mesmo recontratado, ele deverá ocupar posto acima de Carlos Brazil - e não necessariamente o atual gerente precisaria sair do clube. E o alvo da 777 teria a expectativa de trabalhar novamente com orçamento robusto, o que ocorreu em 2021 e não vem acontecendo nesta temporada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários