Ceni explica vendas do São Paulo e diz ter uma certeza: 'Calleri vai ser comprado'
Lance!
Ceni explica vendas do São Paulo e diz ter uma certeza: 'Calleri vai ser comprado'


Após empate do São Paulo por 1 a 1 com o Corinthians neste domingo (22), na Neo Química Arena , Rogério Ceni falou sobre a perspectiva de futuras vendas de jogadores pelo Tricolor paulista , algo que já havia sido confirmado anteriormente pela própria diretoria do clube .

GALERIA
> ATUAÇÕES: Calleri volta a brilhar em clássico, mas Ceni vai mal em substituições no São Paulo; veja notas

TABELA
> Veja tabela do Brasileirão 2022 e simule os próximos jogos

O treinador deu detalhes sobre a venda de Antony. A cria de Cotia, que atualmente veste a camisa do Ajax, foi para o clube holandês em 2020. Ele foi vendido ao time europeu por 16 milhões de euros, mas, no contrato, há uma cláusula que dá ao São Paulo direito a 20% do que exceder o valor em uma futura venda.

- Acho que foi venda bem feita e mais uma transferência do Antony cumpre o orçamento. Que, vamos ser sinceros, nunca foi cumprido, se não, não estava (o clube) com uma dívida de 700 milhões - disse.

Ceni também confirmou uma futura compra de Calleri. Emprestado pelo Deportivo Maldonado, o camisa 9 conta com uma cláusula no contrato que obrigada o Tricolor paulista a adquirir seus direitos por R$ 14,4 milhões. De acordo com a sua fala, é certeza que o clube seguirá em frente.

- Jonathan Calleri vai ser comprado, tenho certeza. É um jogador que não é um custo absurdo. O Calleri vai ficar com a gente. É muito importante, o time joga muito em função dele. É um jogador de área, faz gols. O São Paulo é importante para ele - afirmou.

Por fim, também comentou sobre a futura venda de outros nomes do elenco. Para Rogério Ceni, o São Paulo só deve vender atletas por mais de 10 milhões de euros, isto é, cerca de 51,6 milhões de reais.

– O São Paulo é time para vender jogador acima de 10 milhões de euros. Ok, temos que pensar, planejar e ir numa Série B trazer uma peça de reposição. O São Paulo formou grande time com jogadores do Goiás. Precisamos de desejo, alma e vontade, não de nome. E ter programação com antecedência – concluiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários