Marlon completa 25 anos lutando pela titularidade no Fluminense em último ano de contrato
Lance!
Marlon completa 25 anos lutando pela titularidade no Fluminense em último ano de contrato


Nesta quinta-feira, Marlon completa 25 anos. O lateral-esquerdo, que faz a sua segunda passagem pelo Fluminense , vive um momento difícil no clube. Se no momento de seu retorno, na última temporada, o jogador conquistou espaço na equipe principal em pouco tempo, a situação em 2022 é inversa. Na disputa pela posição, o defensor só entrou em campo seis vezes, mas aposta na boa relação com Diniz e no trabalho do dia a dia para corresponder às oportunidades.

Marlon chegou no Fluminense em 2017, onde ficou até 2019. Aos 20 anos na época, o lateral não se firmou no elenco e viu a relação com a torcida se desgastar. Desta forma, ficou fora de parte dos planos de Fernando Diniz em 2019, que iniciava a primeira passagem como técnico do Tricolor. Ainda assim, o clube optou por emprestar o jogador junto ao Boavista (POR) e Tranbzonspor (TUR). Na Europa, ele conseguiu a regularidade esperada e foi peça importante nos times em que atuou.

+ Botafogo ultrapassa Fluminense: saiba os clubes do Brasil com mais sócios-torcedores

Na última temporada, Marlon retornou às Laranjeiras no meio do ano. No final do primeiro turno, Marcão acionou o jogador pela primeira vez, em duelo contra o Cuiabá. A atuação convenceu e o lateral ganhou espaço, mostrando evolução a cada jogo. Em 13 partidas, ele deu três assistências e encerrou o Brasileirão como um dos destaques do elenco principal. No final de 2021, o Flu recebeu propostas do Leste Europeu, mas acabou não fechando a transferência porque a diretoria deseja apenas vendê-lo.

Apesar do bom momento de Marlon, o Fluminense optou por contratar mais dois jogadores para a posição: Cris Silva e Pineida. Assim, o defensor perdeu espaço e chegou a se tornar terceira opção de Abel Braga. Porém, com as atuações inconsistentes dos colegas, ele ganhou a primeira chance no confronto contra o Vila Nova pela Copa do Brasil, e aproveitou para assinar a primeira assistência da temporada. Na sequência, recebeu nova oportunidade contra o Internacional pelo Brasileirão, mas não foi bem e se destacou negativamente na rodada da competição.

Veja a classificação da Série A do Brasileirão

Sob o comando de Fernando Diniz, que assumiu a equipe há pouco menos de um mês, Marlon já entrou em campo três vezes, a mesma quantidade de chances que teve com Abel Braga. O jogador inclusive tem uma boa relação com o novo técnico e segue lutando por oportunidades nas preparações no CT Carlos Castilho. Consciente de sua situação, o defensor já disse que vem trabalhando para colocar uma "pulga atrás da orelha" do treinador em seu último ano de contrato com o Flu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários