Ginasta russo é suspenso por apologia à invasão na Ucrânia
Lance!
Ginasta russo é suspenso por apologia à invasão na Ucrânia


O ginasta russo Ivan Kuliak foi suspenso pela Comissão Disciplinar de Ética de Ginástica por fazer apologia à invasão russa na Ucrânia durante a Copa do Mundo por aparelhos e na cerimônia de premiação. O atleta terá que devolver a medalha de bronze que ganhou no último dia 5 e a premiação porém, a decisão cabe recurso.


Kuliak foi suspenso de qualquer competição reconhecida pela Federação Internacional de Ginástica. Os atletas russos estão banidos de qualkquer competição até o dia 17 de maio de 2023. Se tal banimento seguir, o ginasta continuará suspenso por mais seis meses após a punição geral. Ele ainda terá que pagar uma multa de 2 mil euros (cerca de R$10,4 mil)

Kuliak desenhou uma letra Z em seu uniforme com esparadrapos após ganhar a medalha de bronze na Copa do Mundo e subiu no pódio com o sinal, ao lado do medalhista de ouro Ilia Kovtun, que é ucraniano.

+Veja as publicações dos clubes brasileiros sobre o Dia Internacional Contra a Homofobia

O ginasta ainda afirmou que repetiria o gesto em entrevista ao "Russia Today":

- Se houvesse uma segunda chance e eu tivesse a opção de sair com a letra ‘Z’ no peito ou não, faria o mesmo.

O Ministério da Defesa da Rússia emitiu um comunicado na última semana, dizendo que o Z pintado em tanques seria uma referencia a frase " Za Pobedu ", que em russo quer dizer "pela vitória"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários