'Fui chamado de mentiroso', afirma Edenílson sobre acusação de racismo
Futebol Latino
'Fui chamado de mentiroso', afirma Edenílson sobre acusação de racismo


Autor dos dois gols da vitória do Internacional sobre o Independiente Medellín , o meio-campista Edenílson foi contundente em sua resposta sobre a repercussão da denúncia de racismo feita contra o lateral-direito Rafael Ramos , do Corinthians, no último domingo.

>Não deixe de conferir o aplicativo de resultados do LANCE!

O jogador do Colorado disse ter sido chamado de "mentiroso" e "surdo" e que aguarda as investigações. O jogador também pontuou o motivo de não ter dado qualquer entrevista anterior:

- Fui bastante julgado, chamado de mentiroso, surdo. Bem complicado os fatos serem distorcidos. As imagens estão ali para ser analisadas. A única coisa que espero é que não me julguem, não quis dar entrevista para respeitar a carreira do rapaz, assim como não entendi o porquê do xingamento.

Edi chegou a mencionar que, na procura por um pedido de desculpas de Rafael Ramos, chegou a pensar na possibilidade de redução da pena por conta de assumir o ato. Porém, diante da negativa, ele entende que o melhor a fazer é aguardar a evolução das investigações.

- Queria ouvir um pedido de desculpas, que (Rafael Ramos) assumisse o erro, e a gente fosse no delegado, se teria uma pena menor caso assumisse a culpa. Mas estou aqui no Inter há cinco anos. Eles me deram força, me ajudaram a focar no jogo, esquecer, me divertir. Sou pai de família, tenho certeza que ele (Rafael) tem família que está em outro país. Esse é o meu jeito, tento ver bondade, não quis julgar, expor. Apenas quero que a verdade venha. Foi o que aconteceu foi o que eu ouvi. Quero que as autoridades resolvam. Não quero fazer um vitimismo, só quero que a verdade venha, se ela realmente vier. Tenho certeza do que ouvi, isso não muda, não volta atrás - detalhou o jogador do Colorado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários