Investigação sobre caso de racismo contra Edenílson terá perícia de leitura labial
Futebol Latino
Investigação sobre caso de racismo contra Edenílson terá perícia de leitura labial


Um dos recursos que serão utilizados pela Polícia Civil envolvendo a investigação sobre caso de racismo que teria sido cometido pelo lateral-direito do Corinthians, Rafael Ramos, contra o meio-campista Edenílson será uma perícia de leitura labial.

A confirmação foi feita pela delegada responsável pelo caso, Ana Luiza Caruso, em informação que foi passada pelo portal 'ge'. Fazendo o adendo, inclusive, de que já existem fortes indícios de que efetivamente houve a injúria racial apontada pelo atleta do Internacional:

- Vamos ver se o Instituto-Geral de Perícias nos dá uma clareza maior acerca da leitura labial. Mas igual, indícios da autoria e do crime a gente já tem, porque ficou quase inequívoco (a injúria). Vamos tentar ter mais uma certeza. Até porque o Edenilson não iria inventar um fato grave como esse - disse a titular da 2ª Delegacia de Polícia Civil, agregando:

- Embora o Edenilson não tenha parado o jogo, esboçado uma reação imediata, porque segundo ele foi pego de surpresa e ficou sem reação, procurou o árbitro e pediu providências. Em princípio, nós vamos seguir com a linha de indiciamento.

Depois do fato ocorrido aos 30 minutos do segundo tempo que foi relatado em súmula pela arbitragem, Edenílson registrou boletim de ocorrência. Rafael Ramos chegou, inclusive, a ficar detido na cidade de Porto Alegre, mas foi liberado mediante ao pagamento de fiança estipulada em R$ 10 mil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários