Ex-Campeão de UFC tem fiança negada após ser acusado por tentativa de homicídio
Lance!
Ex-Campeão de UFC tem fiança negada após ser acusado por tentativa de homicídio


Cain Velasquez teve mais uma derrota nesta segunda-feira (16/05). Acusado por tentativa de homicídio , o ex-campeão do UFC teve seu pedido de fiança novamente negado pelo tribunal. A decisão aconteceu durante uma audiência no condado de Santa Clara, na Califórnia. A informação é da "ESPN".

+ Como o Brasil está no UFC? Veja o cenário do país em cada categoria

Shelyna Brown decidiu não aceitar pedido de fiança de Velasquez. De acordo com a juíza, a atitude do lutador foi um "desrespeito pela vida humana". Apesar dos diversos pedidos dos fãs pela soltura do atleta, Shelyna Brown decidiu não acatar o pedido.

Velásquez foi detido no dia 28 de fevereiro após perseguir uma caminhonete em alta velocidade e atirar com uma arma em direção a Harry Goularte, acusado de abusar sexualmente de uma parente do lutador de 14 anos.

Além da tentativa de homicídio, Velasquez responde por outras dez acusações relacionadas a utilização de armas. A atitude do ex-campeão do UFC divide opiniões e caso continua sendo analisado pelas autoridades.

Caso seja condenado, Velasquez poderá ficar vinte anos preso. Uma nova audiência para determinar o futuro do lutador está marcada para o dia 11 de junho.

+ Cain Velásquez fala pela primeira vez sobre a tentativa de homicídio

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários