ANÁLISE: Atuação atípica de defesa quase custou derrota ao Corinthians no Brasileirão
Rafael Marson
ANÁLISE: Atuação atípica de defesa quase custou derrota ao Corinthians no Brasileirão


O Corinthians chegou ao Beira-Rio com cinco jogos consecutivos sem sofrer gols. Ainda, Cássio estava há sete partidas sem ser vazado. Mas no empate por 2 a 2 contra o Internacional pelo Brasileirão , a defesa foi o calcanhar de Aquiles do clube alvinegro.

> GALERIA - Jogos do Corinthians na Neo Química Arena com a volta do público

Para a partida contra o Colorado, Vítor Pereira seguiu à risca o seu rodízio e fez nove alterações em relação ao time que venceu a Portuguesa-RJ pela Copa do Brasil.

A linha defensiva foi formada por Rafael Ramos, Gil, Raul Gustavo e Bruno Melo. Sem a bola, os quatro ganharam o reforço de Mantuan, que fechava uma linha de cinco pela esquerda.

Mesmo se defendendo em linha de cinco, o Timão foi sufocado pelo Inter no primeiro tempo, que além dos dois gols, conseguiu 93% no acerto de passe, 10 finalizações, sendo cinco no alvo, de acordo com o Footstats.

Mas, quando o Inter abriu o placar e dava claro sinais de dominância, o Timão mostrou uma demonstração de raça, e conseguiu igualar o marcador na marra, em jogada de persistência que contou com Róger Guedes, Gil e Raul Gustavo.

> TABELA - Confira e simule os jogos do Timão e Inter no Brasileirão

Contudo, o time de Mano Menezes foi para o intervalo com merecida vantagem, após um lance em que quase todos os defensores falharam. Bruno Melo não acompanhou a jogada, Raul Gustavo não fechou o cruzamento, Rafael Ramos perdeu no alto para Wanderson, e Gil ficou mal posicionado durante toda a jogada.

Para o segundo tempo, Vítor Pereira colocou Jô na vaga de Róger Guedes, que foi importante no primeiro gol, mas teve partida apagada.

A mudança do treinador português, mais uma vez, melhorou o Corinthians, que dominou os 20 primeiros minutos da etapa final. Foram duas boas chances até Mantuan lançar Jô, que em um movimento clássico de camisa 9, puxou para o lado da área, e com pouco ângulo, fez mais um gol improvável para o Timão.

Até o apito final, o clube alvinegro soube controlar o placar e conquistou um valioso ponto fora de casa, mantendo a liderança do Brasileirão em uma rodada onde dois dos três postulantes ao título venceram.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários