Santos quer brigar em todas as competições que disputa
LANCE! / DIÁRIO DO PEIXE
Santos quer brigar em todas as competições que disputa


O Santos está vivo nas três principais competições que disputa na temporada. Na Copa do Brasil, conseguiu reverter o placar do jogo de ida e garantiu vaga nas oitavas de final ao golear por 3 a 0 o Coritiba, na Vila, na última quinta-feira. Na Sul-Americana, a vitória contra a Católica fez o Peixe renascer no tornei. Em relação ao Brasileirão, a equipe ocupa a 2ª colocação da tabela.

E o calendário apertado não faz o Peixe querer priorizar alguma competição. Essa é a ideia que explica o auxiliar de Bustos, Lucas Ochandorena, que comandou a equipe na vitória contra o Coxa. Suspenso, o treinador alvinegro não ficou na beira do campo, como de costume.

"O Santos é um clube grande que quer ganhar tudo que joga. Iremos jogo a jogo vendo quais jogadores estão melhor e jogar cada partida com a responsabilidade que pede a camisa do Santos. Temos a obrigação de ganhar a cada partida", disse Ochandorena na entrevista coletiva após a vitória contra o Coxa.

Na vitória por 1 a 0 contra a Universidad Católica, pela Copa Sul-Americana, a comissão técnica de Bustos preferiu usar o um time reserva. Isso, na verdade, aconteceu por conta da longa viagem e da altitude de Quito. Os principais jogadores nem viajaram para o Equador. Evitar lesões foi o principal motivo para essa decisão.

Dois jogadores que são considerados titulares no esquema do treinador ficaram de fora contra o Coxa, por exemplo: o zagueiro Maicon, mesmo treinando normalmente nos últimos dias, foi preservado. O atacante Ângelo, com lesão muscular, ainda precisa de tempo para voltar aos gramados.

O próximo compromisso do time de Fabián Bustos agora será longe da Vila. A equipe enfrentará o Goiás, no estádio da Serrinha, pelo Campeonato Brasileiro, no domingo (15). O Peixe é o vice-líder da competição, com 10 pontos, dois a menos que o líder Corinthians.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários