Com ingressos esgotados, torcida do Vasco mostra força e pode a fazer a diferença na campanha da Série B
Lance!
Com ingressos esgotados, torcida do Vasco mostra força e pode a fazer a diferença na campanha da Série B


Mesmo com toda dificuldade que o Vasco enfrenta ao longo desses anos, a torcida do clube sempre demonstrou apoio dentro e fora de campo. E nesta Série B não é diferente, já que o Cruz-Maltino tem uma ótima média de público no Rio (14 mil) e promete casa cheia contra o Bahia, no domingo, às 16h. Os ingressos foram esgotados em um pouco mais de 24h, o que mostra que o apoio dos vascaínos pode ser essencial na campanha.

O campeonato está apenas no início, mas a presença massiva dos vascaínos demonstra que a Colina Histórica pode novamente ser decisiva. Na estreia, contra o Vila Nova, mais de 17 mil torcedores lotaram o estádio e apoiaram a equipe, que ficou apenas no empate por 1 a 1 e deixou pontos pelo caminho.

+ Venda de Coutinho: saiba quanto o Vasco irá receber com a transferência do meia para o Aston Villa

Depois de duas rodadas longe de seus domínios, o Gigante da Colina encarou a Ponte Preta, no último mês. Um pouco mais de 9 mil pessoas puderam acompanhar a primeira vitória dos cariocas nesta Série B, com mais um gol do artilheiro Raniel, e uma linda festa nas arquibancadas.

Na última rodada, mais uma demonstração de apoio mesmo diante de toda pressão que o técnico Zé Ricardo sofre na busca por melhor performance e resultado. Mais de 16 mil puderam acompanhar mais um triunfo na competição. Com dois tempos distintos, o Vasco foi mais efetivo na etapa final e saiu de campo com os três pontos.

+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Para o próximo domingo, 22 mil ingressos foram colocados à venda e a tendência é que o Vasco tenha seu maior público nesta edição da Série B. Caso consiga a vitória sobre o líder da competição e Grêmio ou Sport tropecem, os cariocas entrarão pela primeira vez no G4 em 2022.

Torcida abraçou o time em outras campanhas na Série B

Na primeira vez em que disputou a Série B, em 2009, o Vasco contou com o apoio da torcida, que lotou a maioria dos jogos no Rio de Janeiro. Foram 14 partidas em São Januário, com o maior público na goleada contra o Campinense, com quase 18 mil. No Maracanã, destaque para o duelo contra o Juventude, em que 81 mil torcedores puderam comemorar a vitória e o tão sonhado acesso.

+ Carlos Palacios sofre trauma no joelho esquerdo e vira dúvida no Vasco para o duelo contra o Bahia

A média de público do clube carioca foi de 27,732 pagantes, a quarta maior entre os clubes das Séries A, B, C e D. Na campanha de 2014, os cariocas não conquistaram o título, mas a torcida foi novamente importante nos jogos como mandante. Além das partidas no Rio de Janeiro, o time entrou em campo no Raulino de Oliveira, no Albertão (PI) e na Arena Pantanal. A média de público caiu para 14.232.

Dois anos depois, o Cruz-Maltino teve uma média de público bem inferior as participações anteriores. O campeonato, como um todo, não teve grandes públicos, e os cariocas terminaram com a média de 6.877 espectadores. O duelo contra o Ceará, no Maracanã, com 49.259, recolocou a equipe de volta à elite do futebol brasileiro.

+ Zé Ricardo projeta duelo contra o Bahia e pede apoio à torcida do Vasco: 'São Januário vira um caldeirão'


Por fim, a temporada passada foi atípica em diversos aspectos e o maior deles foi a ausência do público em boa parte dos campeonatos devido à Covid-19. Com uma campanha irregular, o Vasco não conseguiu entrar no G4 e passou longe do acesso. O maior público ficou por conta da vitória por 2 a 1, sobre o Coritiba, com 6.213 pagantes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários