Bola parada se torna arma do São Paulo na temporada
Rafaela Cardoso
Bola parada se torna arma do São Paulo na temporada


O São Paulo tem na bola parada um forte aliado em 2022 até o momento. Isso porque o time comandado por Rogério Ceni marcou, dessa forma, 16 dos 50 gols do time nesta temporada. Inclusive, na vitória sobre o Juventude por 2 a 0 , pela Copa do Brasil , o primeiro gol, anotado por Arboleda, saiu após cobrança de escanteio de Igor Vinícius.

GALERIA
> ATUAÇÕES: Com gol e assistência, Igor Vinícius é o destaque na vitória do São Paulo

TABELA
> Veja a tabela da Copa do Brasil


Só neste ano, foram sete gols marcados em cobranças de pênaltis, oito após cobranças de escanteio, e um em cobrança de falta, o equivalente a 32% das bolas na rede da equipe até aqui, números importantes e que vêm ajudando a equipe a chegar longe nos torneios que disputa.

Atualmente, o Tricolor está em três competições: Brasileirão, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana, mas os gols válidos pelo Campeonato Paulista também entram nesta lista das bolas paradas. A Copa do Brasil, aliás, é um sonho, já que o Tricolor não possui nenhuma taça desta competição.

Uma das táticas de Rogério Ceni para atuar em bom nível em meio a tantos jogos e viagens é fazer um rodízio de jogadores. O treinador tem optado em diversificar suas peças de acordo com a necessidade e adversário. Agora, o Tricolor terá uma pausa nas viagens e atuará na capital paulista nos próximos cinco jogos - quatro deles em casa e um em Itaquera.

Agora, o Tricolor volta suas forças para o Campeonato Brasileiro . O time recebe o Cuiabá domingo, no Estádio do Morumbi, às 16h, pela sexta rodada. Atualmente, a equipe ocupa a sétima posição da tabela, com oito pontos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários