SBT lamenta perda dos direitos da Libertadores: 'Trabalhamos de forma incansável para sua valorização'
Lance!
SBT lamenta perda dos direitos da Libertadores: 'Trabalhamos de forma incansável para sua valorização'


Após dois anos de transmissão da Libertadores, o SBT perdeu os direitos da competição para a Globo, que exibirá a competição entre 2023 e 2026. A TV de Silvio Santos, no entanto, conseguiu a licitação da Copa Sul-Americana para as próximas temporadas. Através da assessoria, a emissora comemorou a nova conquista e lamentou a perda da Libertadores.

+ Amazon contrata ex-Globo: veja as movimentações da imprensa esportiva em 2022

- A Copa Sul-Americana foi totalmente reformulada para esse próximo ciclo, se tornando mais atrativa, tanto para os clubes que disputam o torneio, dentre eles várias equipes brasileiras de grande história e torcida, quanto para os patrocinadores e fãs do futebol. Faremos esse campeonato mudar de patamar! - escreveu a emissora.

+ Disney e Paramount conseguem direitos de transmissão da Libertadores na TV paga

- Quanto à Libertadores, aproveitamos para agradecer pela oportunidade de estarmos realizando sua transmissão até o final deste ano, com alta qualidade, tendo assumido esse direito num momento delicado para a Conmebol, na certeza de que trabalhamos incansavelmente para sua valorização, o que certamente permitiu o aprimoramento da concorrência para esse próximo ciclo - emendou.

+ Web 'comemora' Libertadores na Globo: 'Monopólio está voltando!'

Nos dois anos em que esteve em parceria com o SBT, a Libertadores teve finais com brasileiros. Em 2020, na pandemia, a decisão foi disputada entre Santos e Palmeiras, no Maracanã. Já no ano passado, a final foi realizada entre Palmeiras e Flamengo. Nas duas ocasiões o alviverde se saiu melhor.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários