Em duelo difícil, Cruzeiro supera o Remo nos pênaltis e chega às oitavas de final da Copa do Brasil
Valinor Conteúdo
Em duelo difícil, Cruzeiro supera o Remo nos pênaltis e chega às oitavas de final da Copa do Brasil


Que sufoco! O Cruzeiro suou muito para conseguiu avançar às oitavas de final da Copa do Brasil. Após ser derrotada na ida para o Remo por 2 a 1, a Raposa deu a volta por cima na noite desta quarta-feira. No Independência, venceu no tempo normal por 1 a 0, com gol marcado por Edu, e confirmou a vaga nos pênaltis, por 5 a 4, contando com a estrela do goleiro Rafael Cabral.

>>> Liga de clubes brasileiros: saiba quais times já aderiram à Libra e quem está na espera

A tônica da partida durante os 90 minutos foi ataque contra a defesa. Com o resultado positivo da ida, o Remo se segurou na retaguarda e tentou uma roubada de bola para buscar um contra-ataque. Até segurou o Cruzeiro por 75 minutos, mas não evitou o gol de Edu. Nos pênaltis, em uma disputa tensa e cheia de erros, quem brilhou foi Rafael Cabral, que defendeu quatro bolas do Leão. Marcaram para o Cruzeiro, nas penalidades, Rafael Santos, Oliveira, Daniel Júnior, Rodolfo e Eduardo Brock.

Nas arquibancadas, a torcida celeste voltou a se destacar, empurrando o time durante os 90 minutos e os pênaltis, no Horto. O Cruzeiro levou R$ 3 milhões pela passagem de fase, acumulando agora mais de R$ 7 milhões em premiações na Copa do Brasil, torneio em que a equipe celeste é a maior vencedora com seis conquistas


Pela Copa do Brasil, a Raposa ainda vai esperar o sorteio da CBF para conhecer seu rival nas oitavas de final. Antes, no domingo, encara Náutico, nos Aflitos, pela Série B do Campeonato Brasileiro

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
CRUZEIRO 1 (5) X 0(4) REMO

Data: 12 de maio de 2022
Horário: 19h30 (de Brasília)
Local: Independência, Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa-SP)
Gol: Edu, aos 30’-2ºT(1-0)
Cartões amarelos: Marciel(REM), Brenner(REM)
Cartões vermelhos:-


CRUZEIRO (Técnico: Paulo Pezzolano)

Rafael Cabral; Zé Ivaldo, Oliveira e Eduardo Brock; Geovane (Daniel Júnior-intervalo), Willian Oliveira (Fernando Canesin, aos 16’-2ºT), Adriano(Rafa Silva, aos 29’-2ºT) e Matheus Bidu (Rafael Santos, aos 16’ -2ºT); Luvannor (Rodolfo, aos- intervalo), Jajá e Edu


REMO (Técnico: Paulo Bonamigo)

Vinicius, Kevem (Everton Sena, aos 28’-2ºT), Daniel Felipe, Marlon e Leonan; Anderson Uchôa, Marciel(Paulinho Curuá, aos 25’-2ºT), Albano(Bruno Alves, aos 6’-2ºT), Erick Flores, Fernandinho (Laílson, aos 29’-2ºT) e Brenner (Vanilson, aos 28’-2ºT)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários