Após 1º gol de Júnior Moraes pelo Corinthians, Maycon revela: 'Ele estava lutando bastante'
Rafael Marson
Após 1º gol de Júnior Moraes pelo Corinthians, Maycon revela: 'Ele estava lutando bastante'


Companheiros no Shakhtar Donetsk, Maycon e Júnior Moraes se reencontraram no Corinthians nesta temporada, após deixarem o futebol ucraniano pela guerra envolvendo Rússia e Ucrânia. Na vitória por 2 a 0 sobre a Portuguesa-RJ , pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil , o centroavante desencantou e marcou o seu primeiro gol.

> GALERIA - Giuliano comanda vitória do Timão na Copa do Brasil; veja notas

Na zona mista após o triunfo sobre a lusa carioca, Maycon mostrou o seu apoio a Júnior Moraes, e disse que o atleta estava trabalhando duro para balançar as redes.

- Centroavante sempre tem esse peso, mas ele vinha nos ajudando em outros aspectos importantes para a equipe. Ele estava lutando bastante atrás desse gol, fico feliz por ele. Conheço muito bem, vai nos ajudar bastante. Assim como o Jô, temos o Guedes, quando jogam ali, podem decidir a qualquer momento, nossa equipe precisa disso. Fico feliz por ele, está entendendo o que é Corinthians, é natural esse tempo de adaptação - disse o camisa 5.

> TABELA - Confira e simule os jogos do Corinthians no Brasileirão

Em suas redes sociais, Júnior Moraes celebrou o primeiro gol marcado com a camisa corintiana, e disse que jogar na Neo Química Arena, com o apoio da Fiel, é diferente. O camisa 18 saiu no intervalo pois antes mesmo do jogo, estava sofrendo com alergias, mas não quis ficar de fora. O atleta vem sendo medicado.

Ainda na zona mista, Maycon falou sobre o bom momento do Timão, líder não apenas do seu grupo na Libertadores, como no Brasileirão, e agora classificado às oitavas de final da Copa do Brasil

- Fico feliz com a volta. Fiz bons jogos, outros posso melhorar. A margem de evolução da equipe é muito grande. A equipe está evoluindo bem, estamos atingindo todos os objetivos, se manter na parte de cima do Brasileiro, liderando na Libertadores, e classificamos na Copa do Brasil. Manter isso, pois o objetivo do clube é brigar por tudo até o final do ano - afirmou.

O volante, substituído por Cantillo após o intervalo, comentou sobre o rodízio na equipe titular em que Vítor Pereira vem implementando.

- Estava me sentindo bem. Entendo que tem um rodízio, os jogadores estão entendendo isso. Claro que a gente quer jogar todos os jogos, é inevitável, mas tem que entender que vai precisar ficar um de fora para não ter nenhum tipo de lesão, que possa perder mais jogos. Isso prejudica bastante - ponderou.

Na sexta-feira, a delegação corintiana viaja para Porto Alegre, tendo em vista que sábado (14), às 19h, o Timão enfrenta o Internacional pela sexta rodada do Brasileirão.

Três dias depois, o Corinthians vai até Buenos Aires, onde encara o Boca Juniors na Bombonera, às 21h30 ( Brasília), pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores.

Perguntado sobre uma possível titularidade nos dois jogos, o camisa 5 do clube alvinegro deixou a questão para Vítor Pereira resolver.

- Você tem que perguntar para o Mister. Estou à disposição para os dois jogos. Se preferir para um, tem que respeitar, e quando tiver oportunidades em ajudar o Corinthians, tenho que dar o meu melhor - concluiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários