Sob muita chuva, Red Bull Bragantino e Atlético-MG ficam no empate pelo Brasileirão
Filipe Sodré - Valinor Conteúdo
Sob muita chuva, Red Bull Bragantino e Atlético-MG ficam no empate pelo Brasileirão


Em jogo adiantado da 7ª rodada do Brasileirão, Red Bull Bragantino e Atlético-MG ficaram no empate por 1 a 1, nesta quarta-feira, no Nabi Abi Cheddid. Com o resultado, as equipes mantêm campanhas semelhantes na competição. O Galo é o 6º colocado com nove pontos, mesmo número do Braga, que aparece em 5º.

Red Bull Bragantino e Atlético-MG empataram nesta quarta (Foto: Pedro Souza / Atlético-MG)

O JOGO:

Jogando no Estádio Nabi Abi Chedid, ambos os times começaram com a mesma estratégia de jogo: exercer o famoso "perde pressiona", com marcação alta sobre os zagueiros adversários. Nesse cenário, entretanto, a equipe mandante foi mais efetiva e tinha os encaixes defensivos mais bem ordenados.

Melhor no jogo, o time paulista abriu o marcador com Ytalo, após assistência de Artur. A partir daí, o time mineiro cresceu de produção, reteu a posse de bola, mas não conseguia criar oportunidades claras. Eduardo Sasha, substituto de Hulk, não conseguia oferecer referência dentro da área.

Em meados da primeira etapa, o Galo viu a melhor chance de empatar a partida "escapar pelos dedos". O árbitro de campo marcou pênalti, após toque de Léo Ortiz, mas o lance foi anulado pelo VAR, que alegou posição irregular de Guilherme Arana, gerando muita reclamação alvinegra.

Com a chuva e o campo pesado, na reta final da primeira metade, o Atlético-MG apostou em bolas longas, sem efetividade, pela falta do centroavante fixo.

Com as "linhas mais altas", o Atlético voltou para a segunda etapa com uma postura mais ofensiva. Contudo, como efeito colateral, o time de Turco Mohamed ficava exposto aos contra-ataques.

Aos poucos, mais presente no ataque e crescendo dentro do jogo, o Galo, até pela necessidade do resultado criou mais chances e chegou ao empate, merecido, com Nacho Fernández, cobrando falta. Foi o terceiro gol do argentino, em três jogos consecutivos.

Na reta final, mais transpiração do inspiração. Atlético e Red Bull Bragantino, já sem muita organização técnica, não conseguiram buscar a vitória em Bragança Paulista.

PRÒXIMOS JOGOS:

Enquanto o Red Bull Bragantino enfrenta o Palmeiras em casa, o Atlético-MG pega o Atlético-GO, na Arena Independência, em Belo Horizonte. Ambas as partidas serão válidas pelo Brasileirão.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

RED BULL BRAGANTINO 1 X 1 ATLÉTICO-MG
Data: 11 de maio de 2022
Horário: 20h30 (de Brasília)
Local: Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista (SP)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Alex dos Santos e Thiaggo Evers Americano Labes (ambos de SC)
​Cartões amarelos: Renan (RB Bragantino), Eduardo Sasha (CAM), Maurício Barbieri (RB Bragantino), Turco Mohamed (CAM), Nathan Silva (CAM), Jadsom (RB Bragantino)
Cartões vermelhos: Ramon (RB Bragantino)
Gols marcados: Ytalo - 1ºT/13' (1-0), Nacho Fernández 2ºT/20' (1-1)

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Andrés Hurtado, Léo Ortiz, Renan e Luan Cândido; Jadsom, Sorriso (Bruno Tubarão - 2ºT/20') e Eric Ramires (Wellington - 2ºT/34'); Artur, Helinho (Raul - 2ºT/26') e Ytalo (Yan Hurtado - 2ºT/34'). Técnico: Maurício Barbieri

ATLÉTICO-MG: Everson; Guga, Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana (Guilherme Castilho - 2ºT/35'); Allan, Jair (Rubens - 2ºT/35'), Zaracho (Ademir - 2ºT/26') e Nacho Fernández (Sávio - 2ºT/45'); Keno (Otávio - 2ºT/35') e Eduardo Sasha. Técnico: Turco Mohamed

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários