Empresária Thainá Zanholo aponta que CBD pode ajudar lutadores de MMA a se protegerem contra danos neurológicos
Lance!
Empresária Thainá Zanholo aponta que CBD pode ajudar lutadores de MMA a se protegerem contra danos neurológicos


O canabidiol, também conhecido como CBD, tem se tornando uma opção terapêutica para a recuperação de diversos atletas de alto rendimento, incluindo lutadores de MMA. Segundo especialistas, a substância presente na planta na Cannabis sativa pode ajudar na recuperação muscular, na ansiedade e até mesmo na proteção contra danos neurológicos.

De acordo com a empresária Thainá Zanholo, fundadora e diretora criativa da empresa Nowdays – que trabalha na produção de conteúdo informativo sobre a Cannabis, já existem estudos para mostrar a efetividade do CBD na proteção neurológica contra as pancadas na cabeça. Se isso realmente for comprovado, será uma verdadeira revolução na medicina.

“Há diversos estudos sendo feitos que defendem a tese de que o CBD ajuda a proteger contra danos neurológicos advindos das pancadas na cabeça e o canabidiol pode ser um grande aliado, ajudando a proteger o cérebro dos efeitos desses golpes”, explicou Thainá

Uma pesquisa recentemente realizada pelo vice-presidente sênior de Saúde e Desempenho do Atleta do UFC, Jeff Novitzky, mostrou que 80% de 170 lutadores do evento fazem ou já fizeram uso de CBD para fins terapêuticos. Deste modo, o uso do canabidiol entre atletas de MMA já é uma realidade, conforme destacou Thainá Zanholo.

“Diversos lutadores fazem o uso do CBD abertamente, é um mercado que está crescendo cada vez mais, e já existem também diversas marcas que patrocinam os atletas. O maior benefício do CBD para os atletas é a melhora na recuperação muscular, o alívio da ansiedade e a melhoria do sono”, concluiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários