Em jogo de duas viradas, Inter vence a Juventus na prorrogação e conquista a Copa da Itália
Lance!
Em jogo de duas viradas, Inter vence a Juventus na prorrogação e conquista a Copa da Itália


Depois de 11 anos, a Inter de Milão é campeã da Copa da Itália. Com dois gols de Perisic na prorrogação, a Inter venceu a Juventus por 4 a 2 e conquistou seu nono título da competição. No tempo normal, a Inter saiu em vantagem com gol de Barella, sofreu a virada com gols de Alex Sandro e Vlahovic logo no início da etapa final, mas levou o jogo para o tempo extra com gol de Çalhanoglu.

QUE GOLAÇO!
Antes mesmo dos 10 minutos de jogo, a Inter já deu o cartão de visitas da decisão e abriu o placar no Olímpico de Roma. Em jogada criada pela ponta esquerda, Barella puxou para o meio e soltou um petardo, no ângulo de Perin, sem chances para o goleiro da Juventus.

JUVE ACORDA
Após o gol de Barella, a Juventus acordou na partida e foi buscar o empate ainda no primeiro tempo de jogo. A primeira grande chance foi com Dybala em chute perigoso que ficou nas mãos de Handanovic. Contudo, a melhor chance ficou com Vlahovic. O sérvio recebeu bom passe de Dybala em saída errada da Inter e finalizou cruzado para um milagre de Handanovic.

>> Confira camisas lançadas ou vazadas de clubes para a próxima temporada europeia

VOLTOU COM TUDO
​Após a pressão forte no fim do primeiro tempo, a Juventus precisou de apenas sete minutos para virar o jogo no Olímpico de Roma. Alex Sandro aproveitou bate-rebate na defesa da Inter, finalizou e Handanovic aceitou.

Praticamente no minuto seguinte, a defesa da Inter novamente deu bobeira e Vlahovic saiu na cara de Handanovic. O atacante da Juventus finalizou, o goleiro defendeu e o atacante sérvio aproveitou o próprio rebote para virar o jogo para a Velha Senhora.

>> City confirma Haaland: veja o trio de ataque de 20 clubes europeus

TUDO IGUAL
A Inter não se deu por vencida e foi buscar o empate ainda no tempo normal para levar o duelo para a prorrogação. Após cruzamento na área, Lautaro Martínez foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti para o time de Milão. Na cobrança, Çalhanoglu bateu com perfeição e marcou para levar a decisão para o tempo extra.

DEU INTER
A prorrogação da decisão teve nome e sobrenome: Ivan Perisic. Em cobrança de pênalti, aos nove minutos do tempo extra, o croata bateu com perfeição, sem chances para Perin e colocou a Inter mais perto da taça. Apenas três minutos depois, o croata novamente chamou a responsabilidade e acertou o ângulo com um petardo de fora da área para ampliar e dar o nono título da Copa da Itália para a Inter, o primeiro desde 2011.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários