Burocrático, Flamengo bate Altos com gol de joia e avança na Copa do Brasil
Lazlo Dalfovo
Burocrático, Flamengo bate Altos com gol de joia e avança na Copa do Brasil


Não parecia mata-mata de tão sonolento que foi o jogo. Mas não houve zebra. Nesta quarta-feira, o Flamengo recebeu o Altos-PI no Estádio Raulino de Oliveira e, de forma burocrático (e protocolar), venceu por 2 a 0, avançando às oitavas da Copa do Brasil. Os gols da volta da terceira fase do torneio foram marcados por Gabi e Victor Hugo, que foi muito festejado por Paulo Sousa.

O rival nas oitavas ainda será conhecido através de um sorteio, mas o Fla garantiu R$ 3 milhões de premiação com a classificação.

> Confira a tabela completa da Copa do Brasil

VAIAS EM VOLTA REDONDA

O Flamengo saiu do primeiro tempo sob vaias, que não ocorreram durante o jogo. A torcida esperou, pacientemente, a atuação de um time modorrento e pouco inspirado na criação diante um organizado e fechado Altos.

Arma no início da peleja, uma bola longa de Thiago Maia entrou, mas Lázaro, frente a frente com o goleiro, isolou ao tentar cavar. Marinho ainda tentou um daqueles mísseis de fora (passo perto), uma tabela pela esquerda, com o jovem Marcos Paulo, fez o Fla chegar ao fundo, mas faltou efetividade. Ao menos a equipe não sofreu com o Altos.

RODRIGO CAIO É A BOA NOTÍCIA

Rodrigo Caio - Flamengo x Altos

Rodrigo Caio em ação contra o Altos (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Depois de 159 dias sem ir a campo, Rodrigo Caio pôde estrear na temporada. Iniciou o jogo como titular e com a faixa de capitão. E fez jus à braçadeira pois liderou as saídas de bola, seja com ou ela ou na base da orientação. Firme no mano a mano, o camisa 3 deu ainda boas arrancadas que clarearam jogadas e conectaram o ataque.

Rodrigo Caio comemorou muito a sua animadora participação de 45 minutos, aliás (veja aqui ).

E HOJE TEVE!

Com uma blitz no reinício do jogo, inclusive com um atacante a mais (Pedro no lugar de Thiago Maia), o Flamengo se atirou para evitar que a zebra se encorajasse. De cara, Pedro, inclusive, recebeu um bom passe de Gabi, mas perdeu o timing ao tentar driblar o goleiro. Mas, em seguida, quando a torcida via o seu pedido pela entrada de Arrascaeta ser atendido, Lázaro se despediu do jogo com um pênalti sofrido. O uruguaio entrou na boa.

E não teve jeito. Hoje teve. Gabi deslocou Marcelo e abriu o marcador em Volta Redonda. Na comemoração, foi abraçar Rodrigo Caio e os demais companheiros no banco. Aliviou um time todo.

JOIA FECHOU A NOITE

Quando o Altos passava a incomodar com chutes de fora e bolas alçadas, o Flamengo matou qualquer possibilidade de reação. Rodinei, na lateral esquerda, cruzou na medida para Victor Hugo, a última cartada de Paulo Sousa. A joia de 100 milhões de euros (de multa) foi abraçado pelo Mister e saiu como destaque numa partida de raríssimas emoções e xingamentos a Rodolfo Landim.

OS PRÓXIMOS COMPROMISSOS

Agora o Flamengo viajará à capital cearense para enfrentar o Ceará, neste sábado, às 16h30, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Já o Altos recebe o Atlético-CE no mesmo dia, às 15h, também pela sexta rodada, mas em confronto válido pela Série C.

FICHA-TÉCNICA
Flamengo x Altos-PI - Volta da 3ª fase da Copa do Brasil

​Estádio: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data e hora: 11 de maio de 2022, às 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Douglas Marques das Flores (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa/SP) e Daniel Luis Marques (SP)
Gramado: bom
Público/renda: 12.277 pagantes / 13.077 presentes / R$ 426.840,00
Cartões amarelos: Thiago Maia, Rodinei e Gabigol (FLA) / Lucas Souza, Diego Viana (ALT)
Cartões vermelhos: -

GOLS: Gabigol, 13'/2°T (1-0) e Victor Hugo, 40'/2ºT (2-0)

Flamengo (Técnico: Paulo Sousa)
Hugo Souza; Rodinei, Rodrigo Caio (Pablo, intervalo), Léo Pereira e Marcos Paulo (Matheuzinho, 22'/2ºT); João Gomes, Thiago Maia (Pedro, intervalo) e Diego Ribas; Marinho (Victor Hugo, 28'/2ºT), Lázaro (Arrascaeta, 14'/2ºT) e Gabigol.

Altos-PI (Técnico: Francisco Diá)
Marcelo; Julio Ferrari (Mosquito, 42'/2ºT), Lucas Sousa, Fábio Aguiar e Dieyson; Marconi, Tibiri e Diego Viana (Marcos Aurélio, 38'/2ºT); Eliélton (Lucas Campos, 14'/2ºT), Manoel (Danillo Bala, 38'/2ºT) e Betinho

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários