Abel Ferreira exalta Veiga no Palmeiras e rasga elogios a Danilo: 'É um jogador fora da caixa'
Lance!
Abel Ferreira exalta Veiga no Palmeiras e rasga elogios a Danilo: 'É um jogador fora da caixa'


O dia do Palmeiras foi agitado desde cedo , quando o clube soube da convocação de Danilo para a Seleção Brasileira, bem como a não ida de Raphael Veiga. Já na parte da noite, o Verdão venceu a Juazeirense, por 2 a 1, confirmando classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil . O assunto após a partida, no entanto, foi a Amarelinha.

GALERIA
> Relembre todos os gols de pênalti de Raphael Veiga pelo Palmeiras

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Em entrevista coletiva depois do triunfo em Londrina, Abel Ferreira foi questionado sobre seus dois jogadores, tanto o que foi convocado quanto o que não foi lembrado por Tite. Para ambos, a postura foi a mesma, de muitos elogios e de exaltação ao trabalho.

O primeiro que recebeu os comentários positivos foi Danilo, que terá sua primeira chance para defender a Amarelinha. Para Abel, o meio-campista é um jogador "fora da caixa", que chegou lá por mérito próprio, mas que vai representar o Verdão no mundo.

- É um jogador fora da caixa. É um jogador que começamos a apostar nele muito por conta da formação. Lembro que foi uma lesão do Felipe Melo que fez com que eu olhasse pro Danilo. Ali ele aproveitou a oportunidade dele e fez o trabalho dele. Meu critério de escolha não tem nada a ver com idade ou contratação, tem a ver com o esforço. Ele, por mérito dele, e porque o clube deixou ele ir. Que isso fique claro, o clube não era obrigado a liberá-lo e deixou ele ir. Mas acho que acaba por ser mérito dele. Ele representa todos que trabalham no Palmeiras. A chamada para a Seleção representa o trabalho de muita gente - disse o comandante português.

Como tem feito de forma corriqueira, Abel Ferreira bateu na tecla do calendário do futebol brasileiro e fez um apelo para a CBF pensar em uma pausa nos campeonatos quando houver convocação da Seleção.

- Para nós, para mim, e para as pessoas que acham que penso só no “eu”, aqui está a prova de que pensamos no “nós”, pois se fosse para pensar no Palmeiras não teríamos liberado. Aqui pensamos no coletivo. Só fico com pena e espero e faço o mesmo pedido à CBF, independente se a Seleção convoca 1, 2, 3 ou nenhum jogador do Brasil, que haja uma parada quando houver jogos da Seleção.

Já em relação a Raphael Veiga, Abel precisou falar de um jogador que teve frustrada sua expectativa de ir para a Seleção Brasileira nessa convocação. Sem entrar no mérito das preferências de Tite, o treinador palmeirense fez questão de exaltar as qualidades do meia e pediu para que o Palmeiras não o negocie com outro clube.

- Eu não sou treinador da Seleção e nem quero ser. Sou muito novo para isso. Mas respeito muito o trabalho do selecionador. Já disse ao Veiga que tudo acontece no tempo de Deus. O que mais me impressiona como treinador e vejo também em grandes clubes da Europa, não são os gols que ele marca, não são os pênaltis, não são os dribles, ele é um jogador completo. Não é só ele, mas o que mais me impressiona nele é o compromisso que ele tem. Ele é um jogador robusto e o que peço é que não o vendam. Se for para a Seleção, é consequência. Mas que não o vendam para outro clube. Se ele mantiver essa regularidade, quero que continue muitos anos no Palmeiras - declarou o bicampeão da Libertadores.

Agora Abel Ferreira volta as suas atenções novamente para a disputa do Campeonato Brasileira. No próximo sábado, pela sexta rodada, o Palmeiras recebe o Red Bull Bragantino, às 16h30, no Allianz Parque. Atualmente, o Verdão ocupa a 13ª posição com seis pontos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários