Rwan comemora gol decisivo pelo Santos e fala de volta aos gramados: 'Papel é ajudar o time'
LANCE!/DIARIO DO PEIXE
Rwan comemora gol decisivo pelo Santos e fala de volta aos gramados: 'Papel é ajudar o time'


A vitória do Santos sobre a Universidad Católica-EQU por 1 a 0 , em Quito, na última quinta-feira (5), marcou a volta do atacante Rwan Seco aos gramados. O jogador não vinha sendo relacionado, mas como o técnico Fabián Bustos optou por time misto, o Menino da Vila foi relacionado e garantiu o gol da vitória ao entrar na reta final da partida.

Rwan estava há 31 dias sem jogar, desde 5 de abril, na derrota por 1 a 0 para Banfield, em estreia do time na Copa Sul-Americana. Ele atuou por cinco minutos. Na última vitória que o Santos havia obtido fora de casa, contra o Salgueiro, pela Copa do Brasil, o garoto participou com gol. Até o jogo da última quinta, em Quito, o Peixe não havia vencido mais nenhuma partida atuando longe da Vila.

Em entrevista exclusiva ao LANCE! Diário do Peixe, o atacante falou sobre ser considerado talismã da equipe e como pode ajudar com gols.

- Ah, acho que é um pouco cedo ainda pra falar sobre, né? (Risos). Foram duas partidas válidas por competições muito difíceis em que o grau de foco tem que ser muito alto. Fico feliz em ter ajudado diretamente em dois jogos importantes. Sou atacante e vivo de gols, e é ainda mais importante quando são gols decisivos - disse.

Outro número importante para se destacar de Rwan é o da média de gols por minuto. Na temporada, são 121 minutos em campo, com dois gols marcados. Ele precisa de 60 minutos para balançar as redes. É a melhor marca no elenco. Rwan, na temporada, é o jogador que tem a melhor média de gols/minuto e participações em gols/minuto dentre os atacantes do Santos, porém, é um dos que têm menos minutos em campo.

- Cara, isso é algo que eu deixo pro professor Bustos. Tento focar sempre no meu trabalho dentro do campo e fazer o meu papel que é ajudar o time com gols, assistências e me entregando em campo. Claro que eu quero jogar, assim como todos os outros companheiros que estão trabalhando. Para jogar no Santos tem que ser assim: ter determinação, não ficar satisfeito com objetivos pequenos e sempre querer algo a mais - completou o Rwan.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários