No sufoco, Vasco vence o CSA e permanece invicto na Série B
Daniel RAMALHO/CRVG
No sufoco, Vasco vence o CSA e permanece invicto na Série B

O Vasco venceu por 1 a 0 o CSA, na noite deste sábado (7), em São Januário, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, com gol do atacante Gabriel Pec. Apesar de mais uma fraca atuação diante de seu torcedor, o Cruz-Maltino fez o dever de casa e manteve a invencibilidade na competição.

Com dez pontos na tabela, o Vasco subiu para a quinta colocação e se aproximou do G-4, atrás de Cruzeiro, Grêmio, Sport e Bahia, respectivamente. No próximo domingo (15), o time enfrenta o Bahia, às 16h, em São Januário, pela sétima rodada.

Com a mesma equipe que empatou com a Tombense na rodada passada, o Vasco não mudou muito de postura e, apesar da vitória, não empolgou.

No primeiro tempo, o Vasco tentou assumir as rédeas do jogo e criou boas jogadas pelo lado esquerdo. No entanto, com pouca eficiência para ameaçar o gol do goleiro Marcelo Carné. Aos 9 minutos, o time teve a melhor oportunidade para abrir o placar. O meia Nenê cobrou falta no canto esquerdo e o goleiro do CSA fez defesa difícil e desviou para escanteio.

Em um jogo truncado, tanto Vasco quanto CSA criaram poucas chances e não tiveram criatividade para entrar dentro da área do adversário. Somente aos 29 minutos, os alagoanos conseguiram ameaçar o gol vascaíno em um contra-ataque. Lucas Barcelos disparou pelo meio, ficou cara a cara com Thiago Rodrigues, mas finalizou fraco para a defesa do goleiro.

Próximo do fim do primeiro tempo, o Vasco quase abriu o placar. Aos 41, Gabriel Dias cruzou da direita, mas a bola passou por todo mundo. Na sequência do lance, Gabriel Pec levantou novamente para dentro da área e o próprio lateral-direito cabeceou para o gol, mas Marcelo Carné foi mais esperto e impediu o gol com uma boa defesa.

O Vasco iniciou a etapa final com a mesma pressão do primeiro tempo, mas sofreu para ameaçar a área do CSA e ainda viu o goleiro Marcelo Carné fechar o gol. Aos 24 minutos, com Gabriel Pec, o Vasco voltou a ameaçar o gol do CSA e por pouco não abriu o placar. O atacante recebeu pela esquerda dentro da área, girou rápido e finalizou forte para a boa defesa de Marcelo Carné.

Mas Gabriel Pec não desistiu. Aos 28 minutos, Figueiredo arriscou de fora da área e acertou a trave direita. A defesa do CSA cochilou no rebote e Pec aproveitou para colocar a bola dentro do gol e abrir o placar para o Vasco.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários