Botafogo tem desfalques na defesa para clássico contra o Flamengo, mas pode ter retorno ou novidade no setor
Ana Daróz e Matheus Guimarães*
Botafogo tem desfalques na defesa para clássico contra o Flamengo, mas pode ter retorno ou novidade no setor


O Botafogo terá um dos seus maiores desafios do primeiro turno do Brasileirão neste domingo. No Estádio Mané Garrincha, o Alvinegro enfrenta o Flamengo, às 11h, pela quinta rodada da competição. Além de enfrentar um rival em confronto direto, o Glorioso tem dois desfalques importantes no setor defensivo. Sem Philipe Sampaio e Carli, Luís Castro tem a missão de reorganizar a zaga sem muitas opções. Por outro lado, Kanu tem chances de retornar aos gramados.

DESFALQUES
​Joel Carli está a uma partida de fazer história no Botafogo. Se atuasse contra o Flamengo, o argentino se tornaria o estrangeiro a disputar mais partidas pelo Alvinegro. Um dos líderes na equipe, o zagueiro dá conta do recado dentro de campo, mas vem de lesão.

Em março, o jogador sofreu um edema ósseo no tornozelo direito. Apesar de ter voltado a treinar sem limitações junto ao elenco, ele não irá participar da rodada, visto que está sem atuar há quase dois meses e ainda não tem condições de jogo.

Na última rodada, Philipe Sampaio também sofreu uma lesão. O jogador machucou o ligamento colateral medial do joelho direito e não tem previsão de retorno. Reforço para a temporada, o defensor conquistou a titularidade, ao lado de Kanu, e vinha sendo regular nas atuações.

+ Com Luís Castro, Botafogo aumenta desarmes e dobra interceptações em relação ao Carioca

Contudo, no empate com o Juventude, o jogador cometeu uma falha dupla que acabou culminando no gol adversário. Neste dia, Sampaio já saiu do Estádio Nilton Santos usando uma bota ortopédica , e interrompeu a sequência com a bronca da torcida.

CHANCE DE RETORNO
Kanu , que se lesionou no empate em 1 a 1 com o Atlético-GO, ainda é dúvida. Nesta semana, o atleta treinou com o restante do elenco e a expectativa para seu retorno ao time é grande. Segundo dados do 'Sofascore', o camisa 4 alvinegro é o zagueiro com mais gols na Série A do Campeonato Brasileiro. Além disso, tem 87% de acerto nos passes, recuperou 60 bolas, fez 20 interceptações e deu 12 desarmes.

Veja a classificação da Série A do Brasileirão

O jogador é uma peça importante para o Glorioso e, por isso, devido ao grande número de desfalques, Kanu pode voltar aos 11 iniciais, em razão da consistência defensiva dada ao setor, juntamente com o faro de gols na bola aérea do Botafogo.

OPORTUNIDADES
​Ainda que Kanu não atue, o técnico Luís Castro tem opções no banco de reservas. Klaus, contratado para a temporada, ainda não estreou pelo Alvinegro. Victor Cuesta , que chegou já na "Era Textor", fez apenas dois jogos até agora e pode oferecer a experiência necessária para disputar um clássico. Além deles, há ainda Lucas Mezenga, que disputou quatro jogos e marcou um gol no Carioca, e Kawan, cria da base alvinegra.

A tendência é que o argentino seja titular e a dor de cabeça ficará por conta da outra vaga. Portanto, o Mister vive um dilema para escalar a zaga botafoguense para seu primeiro clássico: o retorno de Kanu ou apostar na juventude para conquistar três pontos e ultrapassar o rival na tabela.

*Estagiários sob a supervisão de Hugo Mirandela

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários