Vítor Pereira lamenta empate do Corinthians com o Cali: 'Ganhamos um ponto, queríamos três'
Fábio Lázaro
Vítor Pereira lamenta empate do Corinthians com o Cali: 'Ganhamos um ponto, queríamos três'


O técnico do Corinthians, Vítor Pereira, achou que o Timão merecia sair da Colômbia com uma vitória contra o Deportivo Cali, nesta quarta-feira (4), pela quarta rodada do grupo E da Libertadores .

> GALERIA - Veja todos os técnicos estrangeiros do Corinthians
> TABELA - Confira e simule os jogos da Libertadores

O clube alvinegro teve pelo menos quatro grandes oportunidades de gols, além de um pênalti perdido pelo lateral Fábio Santos, no fim da partida, mas terminou com o empate em 0 a 0.

- Nós hoje poderíamos sair com os três pontos, merecíamos, fomos a melhor equipe em campo, criamos situações suficientes para vencer. Perder não foi mal, mas tenho a sensação que perdemos dois pontos – disse o treinador corintiano em entrevista coletiva ao fim da partida.

Mesmo não vendo o resultado como ruim, já que o Corinthians segue liderando a sua chave na Liberta, Vítor credencia a ausência de um placar melhor às chances perdidas. De acordo com a plataforma Footstats, contra o Deportivo Cali foram 12 finalizações, quatro em direção ao gol e nenhuma que balançou a rede adversária.

- No futebol, as oportunidades são para se marcar, se concretizar. Não concretizamos. Só nós podemos nos queixar pela nossa falta de tranquilidade em definir – destacou o comandante corintiano.

- Intenção era ganhar o jogo e definir mais claramente a nossa classificação. Não foi possível porque, de fato, não tivemos no nosso dia em termos de definir o último momento. O goleiro também fez grandes defesas. Outras vezes não acertamos o gol, erramos e pagamos por isso – concluiu VP.

Ainda assim, Vítor Pereira elogiou a postura do seu time em campo contra o Deportivo Cali.

- Fizemos um jogo de qualidade, consistente. Não me recordo do Cali ter criado situações de qualidade. Criaram problemas porque é uma equipe fisicamente forte e tiveram um pênalti à favor. Mas nós circulamos bem a bola criamos oportunidades. Pena que quisemos sempre finalizar com força, ‘matar o goleiro’, em vez de encostarmos, dar um passe para o gol. Satisfeito com o time, a atitude, personalidade. Chegamos em um gramado difícil, mas jogamos com qualidade – afirmou Vítor.


O Corinthians, de Vítor Pereira, volta a campo neste domingo (8), mas dessa vez pelo Campeonato Brasileiro, às 18h, contra o Red Bull Bragantino, pela quinta rodada da competição nacional. Já pela Libertadores, o próximo compromisso é em duas semanas, no dia 17 de maio, contra o Boca Juniors-ARG, na Bombonera, em Buenos Aires.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários